Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Por um voto

MP de São Paulo elege Paulo Garrido de Paula novo corregedor-geral

Por 

O procurador de Justiça Paulo Afonso Garrido de Paula (foto) é o novo Corregedor-Geral do Ministério Público de São Paulo. Eleito nesta quarta-feira (5/11) com 130 votos pelo Colégio de Procuradores, Garrido de Paula é procurador desde 1980 e um dos autores do Estatuto da Criança e do Adolescente. A votação para eleger o corregedor-geral foi apertada. O outro candidato, da situação, Mágino Alves Barbosa Filho, ficou com 129 votos.

Entrevistado pela revista eletrônica Consultor Jurídico, Garrido de Paula afirma que sua missão à frente da corregedoria será a de levar a Justiça para mais perto da população, principalmente a mais pobre. “Pretendo aproximar cada vez mais o órgão de sua causa primária: servir a quem mais precisa.”

No MP desde 1980 o procurador é referência na área de Direito da Criança e do Adolescente, tema sobre o qual dá aulas no Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Garrido de Paula é fundador do Movimento do Ministério Público Democrático e ex-presidente da Associação Brasileira de Magistrados e Promotores de Justiça da Infância e da Juventude. Esta não é a primeira vez que Garrido de Paula concorre a corregedor-geral do MP. Ele já figurou também na lista tríplica para procurador-geral do MP.

 é chefe de redação da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 5 de novembro de 2014, 16h48

Comentários de leitores

1 comentário

\"um homem a altura de seu cargo"

Flávio Haddad (Advogado Autônomo)

Como advogado do interior e militante na defesa dos direitos de crianças e adolescentes, saúdo o resultado do pleito. Mais do que um grande trabalhador do Direito, um ser humano sensível e comprometido com a cidadania em seu sentido mais pleno ! PARABENS DOUTOR PAULO GARRIDO ! As crianças e adolescentes de nosso país agradecem !"

Comentários encerrados em 13/11/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.