Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Gestão e marketing

OAB-SP e Sebrae firmam parceria sobre empreendedorismo na advocacia

A seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil e o Sebrae de São Paulo firmam nesta terça-feira (20/5) convênio para o fomento de ações voltadas ao desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios da advocacia, com o lançamento do programa Advocacia Empreendedora. A ação tem o objetivo de oferecer orientações aos advogados sobre gestão empresarial e empreendedorismo por meio de cursos de ensino à distância (EAD).

O convênio prevê cursos nas áreas de marketing, planejamento e finanças, recursos humanos, além do desenvolvimento da cartilha Comece Certo: Escritórios jurídicos, que irá abordar o empreendedorismo, gestão e trará orientações específicas para os advogados. A parceria estabelece ainda a disponibilização de ferramentas para que os advogados possam solucionar os problemas sem precisar de ajuda externa; a divulgação das atividades e eventos; a identificação, planejamento, acompanhamento e avaliação de ações de orientação.

“O Sebrae identificou as principais dificuldades dos advogados que possuem escritório próprio e diante desse cenário disponibilizamos 18 cursos iniciais. O conteúdo é de responsabilidade da nossa instituição e o acesso será por meio do site da OAB-SP”, explica Marcio Bertolini, consultor do Sebrae-SP e coordenador do projeto. “Cada módulo tem duração de 3 horas, estarão disponíveis 24h por dia, ou seja, são flexíveis. Após a conclusão, o profissional recebe certificado”, acrescenta.

“A exemplo de outras profissões, o conceito do empreendedorismo deve permear a rotina do advogado que, como profissional liberal, precisa desenvolver habilidades para criar e gerir sua profissão, na busca de melhores resultados. Por isso, a OAB-SP buscou a parceria do Sebrae-SP para fomentar a atividade da advocacia”, diz Marcos da Costa, presidente da OAB-SP.

Bruno Caetano, diretor-superintendente do Sebrae-SP, conta que os negócios de advocacia representam uma fatia importante na geração de empregos do país. “Segundo a OAB-SP, o estado conta com mais de 260 mil advogados ativos e cerca de 12 mil sociedades. A busca por capacitação continua sendo o segredo para que esses escritórios perdurem”, afirma. O acordo será firmado às 16h desta terça-feira, no auditório do Sebrae (Rua Vergueiro, 1.117/ 6º andar, São Paulo). Com informações da Assessoria de Imprensa da OAB-SP e do Sebrae-SP.

Revista Consultor Jurídico, 20 de maio de 2014, 12h14

Comentários de leitores

1 comentário

Não precisamos disso

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

A maior dificuldades dos pequenos escritórios é a Ordem dos Advogados do Brasil, uma entidade omissa na defesa da classe, completamente distante da realidade da advocacia. Não precisamos de alguém que ensine a organizar nossos escritórios. Precisamos apenas que a Ordem cumpra suas finalidades institucionais, nos termos do que diz a lei.

Comentários encerrados em 28/05/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.