Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novos integrantes

Advocacia-Geral da União empossa 150 procuradores federais

Os candidatos aprovados no concurso da Procuradoria-Geral Federal, para o cargo de procurador federal, tomaram posse nesta segunda-feira (7/7) em Brasília. Dos mais de 600 participantes do curso, 150 candidatos foram empossados e já estão aptos para iniciar as atividades da carreira nas unidades da PGF em todo país.

A solenidade contou com a participação do Advogado-Geral da União, ministro Luís Inácio Adams, do ministro do Superior Tribunal de Justiça Paulo de Tarso Sanseverino e do Procurador-Geral Federal, Marcelo Siqueira, além de familiares dos novos procuradores federais.

O ministro do STJ Paulo de Tarso ressaltou a importância das atividades desenvolvidas pela carreira. "O trabalho dos senhores é extremamente relevante na preservação do interesse e do patrimônio público e permitirá não apenas uma ótima defesa da União mas, também, um grande crescimento pessoal de cada um dos senhores", disse.

O Procurador-Geral Federal, Marcelo Siqueira, solicitou aos procuradores que atuarão nas unidades da PGF no interior do país, empenho no dia a dia da carreira. "Os senhores terão um crescimento individual, pessoal e profissional sem tamanho, não há nada que possa pagar isso. Com certeza ao longo da vida profissional, agradecerão pela experiência que passarão a ter no dia de hoje, pois será ela que dará a base para que possam desempenhar todas as funções que o cargo permite com extrema segurança, dedicação e zelo que os senhores já demostraram ao logo do concurso público", afirmou.

Aos novos procuradores, o ministro da AGU, Luís Inácio Adams, exaltou a relevância do respeito, da busca pela eficiência e pela felicidade no serviço público. "A atividade pública está exposta a crítica externa e a situações que vocês mesmos não escolheram. Tenham a força de enfrentarem isso sempre que possível com um sorriso, com uma tranquilidade de alma, que é o bem estar que a felicidade traz", disse. Com informações da Assessoria de Imprensa da AGU.

Revista Consultor Jurídico, 8 de julho de 2014, 14h01

Comentários de leitores

3 comentários

Um fato e várias versões...

Riobaldo (Advogado Autônomo - Civil)

Deixar de publicar comentários que mostram a outra faceta do que foi divulgado pelo sítio Conjur é uma das variadas formas de venalidade.Ok? ! ...

Não seria melhor incrementar a produtividade?

Willson (Bacharel)

Mais 150 a sonhar com uma virada de mesa que lhes propicie futura aposentadoria integral. Nesse ritmo de crescimento dos gastos públicos, em breve a "viúva" pedirá arrego. Parece que só uma catástrofe econômica despertará o poder público para a irresponsabilidade do aumento exponencial dos gastos, acima do aumento do PIB, em detrimento da capacidade de investimento.

Função do cidadão comum == bancar agentes públicos

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

150 X R$22.000,00 = R$3.300.000,00 por mês. Agora é aguardar novo aumento na carga tributária para bancar.

Comentários encerrados em 16/07/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.