Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Férias advocatícias

TRT-8 suspende prazos e audiências entre 7 e 16 de janeiro de 2015

O Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, que atende os estados do Pará e do Amapá,  suspendeu os prazos processuais, audiências e sessões do tribunal e todas as varas do Trabalho da 8ª Região no período de 7 a 16 de janeiro de 2015, após o retorno do recesso judiciário. A decisão não afetará o expediente interno dos órgãos de primeiro e segundo graus, sem prejuízo do atendimento ao público.

A suspensão se deu por meio da portaria por meio 16/2014, que atende pedido feito pela Ordem dos Advogados do Brasil, pelas seções dos estados do Pará e do Amapá. Conforme esclarecimento da Corregedoria-Geral de Justiça do Trabalho, em consulta formulada pelo TRT-8, o pedido da entidade não se refere à prorrogação do recesso forense, o que é vedado pelo Provimento CGJT 02/2014.

A Portaria já publicada determinar que os juízes titulares realizem o ajuste prévio da pauta de audiências das Varas do Trabalho e esclarece que os prazos judiciais que se iniciarem ou expirarem no período da suspensão, deverão obedecer ao disposto no inciso I do parágrafo 1º do artigo 184 do Código de Processo Civil. Com informações da assessoria de imprensa do TRT-8.

Clique aqui para ler a portaria.

Revista Consultor Jurídico, 13 de dezembro de 2014, 14h59

Comentários de leitores

1 comentário

para beneficiar os advogados, as partes ficam prejudicadas

analucia (Bacharel - Família)

para beneficiar os advogados, as partes ficam prejudicadas.

Ora, os advogados devem trabalhar como empresa,ou seja, havendo substituição natural entre vários advogados. Se alguns ainda querem fazer trabalho artesanal não cabe imporem "férias" aos tribunais atrasando audiências e publicações.

Comentários encerrados em 21/12/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.