Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Briga salarial

Servidores do Judiciário Federal em SP suspenderão atendimento nesta quarta

Servidores do Judiciário Federal em São Paulo suspenderão na próxima quarta-feira (27/8) o atendimento ao público nas Justiça Federal, Trabalhista e Eleitoral de todo o estado — os funcionários, que estão em greve desde o último dia 20, buscam pressionar o governo federal a repor oito anos de perdas salariais da categoria.

De acordo com Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal em São Paulo (Sintrajud), com a paralisação, os funcionários querem também pressionar o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, para que ele "defenda a autonomia e independência do Poder Judiciário para fixar sua política salarial".

Segundo o sindicato, os trabalhadores pretendem garantir a implementação do Projeto de Lei 6613/09 — que garante a reposição das perdas salariais dos servidores — na proposta de lei orçamentária que a Presidência tem de enviar ao Congresso até o fim desta semana.

Para marcar a mobilização, os trabalhadores se reúnem a partir das 13h, em frente à sede do TRE-SP, no centro da capital paulista, onde haverá um ato público, seguido de assembleia geral da categoria.  Participam do ato servidores de São Paulo e do interior, vindos de cidades como Santos, Cubatão, São Vicente, Barueri, São Bernardo do Campo, Taubaté e Marília. Com informações da assessoria de imprensa do Sintrajud.

*Texto atualizado às 12h47 de quarta-feira (27/8)

Revista Consultor Jurídico, 26 de agosto de 2014, 18h16

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/09/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.