Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sem água

Supremo abre Ação Penal contra deputado por trabalho escravo

Por maioria de votos, a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu abrir Ação Penal contra o deputado federal João Lyra (PSD-AL) por exploração de mão de obra em condição análoga à escravidão. O parlamentar é acusado pelo Ministério Público de ser responsável por irregularidades na empresa Laginha Agroindustrial, da qual Lyra é administrador.

De acordo com o processo, em 2010, o Grupo de Fiscalização do Ministério do Trabalho encontrou trabalhadores da empresa em locais sem água potável e condições básicas de higiene. Além disso, ainda de acordo com os autos, eles cumpriam um escala exaustiva de trabalho.

Lyra alegou, durante a fase de investigação, que não era responsável pelas contratações dos empregados. Sua defesa também afirmou que não teve a oportunidade de apresentar defesa prévia no processo. Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 20 de agosto de 2014, 20h03

Comentários de leitores

1 comentário

Está no DNA!

Observadordejuris (Defensor Público Estadual)

Essa é a típica conduta de grande parte dos políticos brasileiros, que primam pelo mau caratismo e pelo uso recorrente da mentira explícita, quando surpreendidos "com a boca na botija". Haja paciência!

Comentários encerrados em 28/08/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.