Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Luto no Judiciário

Morre o ministro Marcos Martins Torres, do Superior Tribunal Militar

ministro do STM Marcos Martins Torres [Divulgação STM]Morreu nesta terça-feira (5/8), o ministro do Superior Tribunal Militar Marcos Martins Torres, vítima de uma leucemia.

O almirante-de-esquadra tinha 68 anos e ocupava uma das três cadeiras reservadas à Marinha na composição do Plenário do Superior Tribunal Militar desde 2010.

Em nota, a presidente do STM, ministra Maria Elizabeth Rocha, se solidarizou com os familiares e disse que Torres “dignificou a Marinha do Brasil e o Poder Judiciário ao longo de sua trajetória”.

No STM, o almirante da esquadra defendia a existência da Justiça Militar, que segundo ele é resultado de mais de 200 anos de aprimoramento. “O STM é mais antigo que o próprio Supremo. Por se adotar uma visão economicista do Estado, passou-se a transmitir a ideia de que a Justiça é só estatística. Assim, se um tribunal julga poucos processos, não porque ele não seja eficiente mas pelo fato de ter um pequeno número de feitos, passa a ser visto como não mais necessário”, reclamou ao Anuário da Justiça Brasil 2014.

Nascido no Rio de Janeiro, o ministro ingressou na Escola Naval em 1965. Em 2007 foi promovido a almirante-de-esquadra e durante sua carreira ocupou os cargos de secretário-geral da Marinha, de chefe do Estado-Maior da Armada e de chefe do Estado-Maior da Defesa.

O velório acontece nesta quarta-feira (6/8) no Salão Nobre do 1º Distrito Naval, Edifício Tamandaré, Rio de Janeiro. O sepultamento, marcado para 15h30, será no Cemitério São João Batista, também na capital fluminense. Com informações da Assessoria de Imprensa do STM.

Revista Consultor Jurídico, 6 de agosto de 2014, 12h48

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/08/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.