Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Oitivas de testemunhas

Videoconferência é testada em audiência dentro de quartel no Rio Grande do Sul

A Justiça Militar testou um sistema de videoconferência para oitivas de testemunhas. A tecnologia foi usada no 4º Regimento de Cavalaria Blindado, na cidade de São Luiz Gonzaga (RS) para ouvir testemunhas de um processo que apura crime militar.

A tecnologia foi desenvolvida pelo Conselho Permanente de Justiça para o Exército da Auditoria de Santa Maria (3ª da 3ª CJM). O Conselho foi até a cidade de São Luiz Gonzaga porque houve falta de juiz titular na Vara Criminal daquela comarca, o que impossibilita o cumprimento de carta precatória.

Para evitar eventual prescrição da ação, a Auditoria de Santa Maria optou por realizar a audiência dentro do quartel. Foi feita apenas a gravação a distância da audiência e o acompanhamento em tempo real feito por um servidor na sede da Auditoria. Com informações da Assessoria de Imprensa do STM.

Revista Consultor Jurídico, 4 de agosto de 2014, 14h28

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/08/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.