Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pagamento adiantado

STF intima Feliciano a depor em ação por estelionato

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, intimou, nesta quarta-feira (20/3), o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) para prestar depoimento na Ação Penal em que responde por estelionato. O depoimento do parlamentar está marcado para o dia 5 de abril.

Segundo a denúncia do Ministério Público do Rio Grande do Sul, Feliciano recebeu adiantados R$ 13,3 mil como cachê para ir a dois eventos religiosos, mas não compareceu. Ainda de acordo com a acusação, o deputado enviou um e-mail à produção dos eventos no dia anterior aos cultos confirmando sua presença. A produtora diz ter sido prejudicada em R$ 100 mil com a ausência do deputado, alegando que já havia pago transporte e hospedagem.

Marco Feliciano foi recém-eleito para presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados e causou polêmica. Opositores o acusam de ter discurso discriminatório, racista e homofóbico. Por conta de declarações na rede social de microblogs Twitter, onde falou que "a podridão dos sentimentos dos homoafetivos levam ao ódio, ao crime, à rejeição", o deputado foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República pelo crime de discriminação.

Deputados de oposição a Feliciano já entraram com Mandado de Segurança para tirá-lo da comissão que preside. Alegam que a sessão em que o deputado foi eleito foi ilegal porque foi restrita ao público. As portas da sessão foram fechadas por causa dos protestos contra a indicação de Feliciano à Comissão de Direitos Humanos.

Revista Consultor Jurídico, 20 de março de 2013, 22h23

Comentários de leitores

1 comentário

democracia no CONJUR , palmas ou silencio.............

hammer eduardo (Consultor)

Parabens ao CONJUR mais uma vez por sua historica subserviencia aos donos do "pudê" no Brasil. Meu comentario de ontem em cima desta materia em que questionei o FATO de uma pessoa que saiu não queimado mas INCINERADO do processo do Mensalão agora querer "roncar grosso" em cima deste energumeno do Marco Feliciano.
Disse e repito , continua faltando altura MORAL a lewandovsky e a toffoli depois do verdadeiro "show" de afinação com os ditames do PT que manda de fato no Pais de forma cada vez mais escancarada. Ambos são INDIGNOS de participar daquela corte pois se mostram apenas representantes legais dos interesses espurios do que de pior atrasa o Pais.
Se o CONJUR opta atraves de conveniencias variadas em ficar adulando estas pessoas , ou muda o rumo da prosa ou evita menciona-las para evitar a tchurma do "contra" conforme tratam os discordantes. É nauseante notar a cumplicidade nesta politica TORTA de que para se adular os poderosos , servem apenas as palmas ou quando muito o silencio.
Trofeu Armando Falcão para Voces , bem merecido por sinal .

Comentários encerrados em 28/03/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.