Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Caixa de assistência

Caasp é "mão estendida" ao advogado em necessidade

A Caixa de Assistência ao Advogado é o órgão que aproxima a administração da Ordem dos Advogados do Brasil da realidade da advocacia em seu cotidiano. A fala é do advogado Fabio Romeu Canton Filho, presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo (Caasp), vinculada à OAB paulista. Para ele, “a Caixa nos proporciona uma exata visão humanista sobre o advogado, aproximando-nos daqueles que mais necessitam do nosso apoio”.

Ele falou durante a cerimônia de posse do presidente da OAB-SP, Marcos da Costa, na quinta-feira (14/3), no Palácio do Anhembi. Marcos da Costa concorda com o colega de chapa. Em conversa com jornalistas durante sua posse, o novo presidente da OAB de São Paulo disse que a Caasp “é a demonstração maior do que uma entidade de classe pode fazer no que diz respeito à solidariedade”. “É uma instituição criada para estender a mão ao advogado nos momentos difíceis”, completou.

Para o secretario-geral da Caasp, Sergei Cobra Arbex, a importância do órgão está em dar assistência a um personagem “especialíssimo na República brasileira”, o advogado. Em sua opinião, a caixa de assistência traz “um rol de serviços para que ele possa enfrentar esse Judiciário tão difícil que temos no Brasil”.

Célio Luiz Bittencourt, diretor-tesoureiro, destacou, durante a cerimônia, a boa situação financeira que hoje vive a Caasp, fruto de medidas que já vêm sendo adotadas desde as gestões anteriores. “A diretoria assume solenemente nesta data, mas já vem trabalhando desde o início do ano. O que se pretende é dar continuidade aos trabalhos desenvolvidos nos últimos anos. Além disso, queremos ampliar a rede de atendimento em todo o Estado de São Paulo, justificando a anuidade que o advogado paga a Ordem não apenas do ponto de vista econômico, mas também social e familiar”, discorreu o diretor da Caasp Adib Kassouf Sad.

Revista Consultor Jurídico, 15 de março de 2013, 21h19

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/03/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.