Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mudança no elenco

Disputa pela vaga no Supremo tem novos nomes

Enquanto a vaga do ministro Ayres Britto, aposentado desde novembro de 2012, não é preenchida, os candidatos enfrentam mudanças no cenário da briga pelo lugar no Supremo Tribunal Federal. Conforme publicado pela colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, neste sábado (9/3), os candidatos mais evidentes, Heleno Torres e Humberto Ávila, perderam o fôlego nos últimos dias, o que trouxe novos nomes para a disputa.

Nas listas de cotados para compor a corte já figuraram, além de Torres e Ávila, o constitucionalista Luiz Roberto Barroso, o juiz Ali Mazloum, da 7ª Vara Criminal Federal de São Paulo e o subprocurador-geral da República, Eugênio Aragão.

Entre esses, os mais comentados eram os tributaristas Heleno Torres, colunista da ConJur, e Humberto Ávila. Os dois, porém, perderam forças durante a corrida. O governo busca agora uma "terceira via" para o STF. Os novos nomes cogitados para vaga são Marcelo Nobre, ex-conselheiro do Conselho Nacional de Justiça; Deborah Duprat, procuradora da República; e Lenio Streck, procurador de Justiça do Rio Grande do Sul e também colunista da ConJur.

Torres, professor de Direito Tributário da USP, havia entrado na briga com o apoio do advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, e com a torcida de seu colega de magistério na USP, o ministro Ricardo Lewandowski. 

O tributarista Humberto Ávila, professor de Direito Tributário da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, chegou contando com a simpatia do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o apoio do ministro aposentado do Supremo Eros Grau.

Revista Consultor Jurídico, 9 de março de 2013, 16h00

Comentários de leitores

9 comentários

Marcelo nobre

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

Torço pelo candidato Marcelo Nobre, homem da melhor linhagem, personalidade digna de sempre ser enaltecida. Possui todos os predicados para ocupar tão relevante cargo.

Lênio no STF

João Francisco, Monte Aprazível (Auditor Fiscal)

Com todo respeito que merecem os outros candidatos, principalmente o prof. Heleno Torres, mas já passou da hora de o STF ser agraciado (e essa é a palavra, "agraciado", mesmo) com um nome do porte de Lênio Streck ou Luiz Roberto Barroso. Qualquer um desses dois juristas irá contribuir para elevar, e muito, o nível da Corte. O STF e o Brasil deveriam receber com festa esses dois juristas do mais alto nível que temos hoje. Só há uma vaga, portanto, os dois deveriam, sequencialmente,um após o outro, passar a integrar o STF. Sem dúvida, isso seria uma enorme contribuição para a causa da Justiça, no Brasil.

Lênio no STF

João Francisco, Monte Aprazível (Auditor Fiscal)

Com todo respeito que merecem os outros candidatos, principalmente o prof. Heleno Torres, mas já passou da hora de o STF ser agraciado (e essa é a palavra, "agraciado", mesmo) com um nome do porte de Lênio Streck ou Luiz Roberto Barroso. Qualquer um desses dois juristas irá contribuir para elevar, e muito, o nível da Corte. O STF e o Brasil deveriam receber com festa esses dois juristas do mais alto nível que temos hoje. Só há uma vaga, portanto, os dois deveriam, sequencialmente,um após o outro, passar a integrar o STF. Sem dúvida, isso seria uma enorme contribuição para a causa da Justiça, no Brasil.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 17/03/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.