Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eleições 2012

Oposição a Roseana Sarney vence em São Luís

Por 

O candidato de oposição à governadora do Maranhão, Roseana Sarney, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), venceu as eleições para a prefeitura de São Luís. Com 96% dos votos apurados na capital maranhense, Edivaldo soma 56,15% dos votos válidos, que se traduzem em 270 mil votos. O atual prefeito de São Luís, Castelo (PSDB), somou 211 mil votos (43,85%).

Edivaldo Holanda Júnior faz parte da coligação formada por PDT, PTC, PSB e PCdoB. Um dos maiores cabos eleitorais do prefeito eleito foi o ex-deputado federal Flávio Dino (PCdoB), um dos mais fortes oposicionistas da família Sarney no estado.

Os eleitores de Campo Grande (MS) e Florianópolis (SC) também já conhecem seus prefeitos. A apuração já foi encerrada nas duas cidades. Em Campo Grande, Alcides Bernal (PP) foi eleito com 62,55% dos votos válidos (270.927 votos) contra 37,45% de Giroto (PMDB), que somou 162.212 votos.

Em Florianópolis, venceu Cesar Souza Júnior (PSD), com 52,64% dos votos válidos. Seu adversário, Gean Loureiro (PMDB), ficou com 47,36% do total. Loureiro Júnior somou 117.834 votos — 11 mil votos a mais do que Loureiro.

Mais cedo saiu o resultado de duas capitais. Em Curitiba, com 99% das urnas apuradas às 17h50 deste domingo (28/10), Gustavo Fruet (PDT) venceu Ratinho Jr. (PSC) somando 60,55% dos votos válidos. Os curitibanos deram a Fruet 593 mil votos, contra 386 mil somados pelo filho do apresentador de televisão Ratinho.

Em Vitória, capital do Espírito Santo, a apuração já terminou com a vitória de Luciano Rezende (PPS), com 52,73% dos votos válidos. Rezende venceu Luiz Paulo (PSDB). Numericamente, o tucano Luiz Paulo recebeu 88.687 votos, contra os 98.937 somados por Luciano Rezende.

 é editor da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 28 de outubro de 2012, 19h15

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.