Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Oi oi oi

Justiça proíbe exibição de novela em comício de Dilma

A Justiça Eleitoral da Bahia deferiu nesta quinta-feira (18/10) liminar em que proíbe a coligação do candidato do PT à Prefeitura de Salvador, Nelson Pelegrino, de exibir o último capítulo da novela "Avenida Brasil", da TV Globo, em um telão durante comício com a presença da presidente Dilma Rousseff na noite desta sexta-feira (19). Ainda não há previsão para julgamento do mérito, segundo noticiado pelo jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a juíza da 9ª Zona Eleitoral, Ana Conceição Barbudo, "tal conduta teria fins eleitoreiros, usufruindo de imagens de artistas globais e do Ibope da programação". Ela vedou a exibição, no telão, de "qualquer tipo de situação que não se relacione com o objeto da campanha".

A proibição atendeu pedido da coligação de ACM Neto (DEM), que disputa o segundo turno com o petista na capital baiana. Para o advogado Ademir Ismerim, do DEM, a prática anunciada pelo PT se assemelharia a um showmício, algo não permitido pela legislação eleitoral.

Revista Consultor Jurídico, 18 de outubro de 2012, 19h44

Comentários de leitores

2 comentários

Imoral

A. Salomão (Advogado Autônomo)

Presidente da República é presidente de todos e por todos terá de ser respeitado(a), acontece que ao envolver-se em campanhas políticas deixa de ser "de todos" para passar a ser só de alguns. Aí, nessa situação perde todo o respeito que merece porque não pode estar como Presidente da República, mas como qualquer cidadão dessa...

Não adianta !

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

A falcatrua está no DNA do PT. Não tem mais jeito !

Comentários encerrados em 26/10/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.