Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Troca de comando

TRT de Campinas (SP) elege nova diretoria

Os desembargadores do TRT da 15ª Região, com sede em Campinas (SP), elegeram, nesta quinta-feira (4/10), os julgadores que vão comandar a corte nos próximos dois anos. 

O desembargador Flavio Allegretti de Campos Cooper será o novo presidente, que terá como vice-presidente administrativo Fernando da Silva Borges e como vice-presidente judicial Henrique Damiano. O desembargador Eduardo Benedito de Oliveira Zanella elegeu-se corregedor regional. Para o cargo de vice-corregedor foi escolhido o desembargador José Pitas. 

Os titulares da corte decidiram também, por aclamação, reconduzir o desembargador Samuel Hugo Lima ao cargo de diretor da Escola Judicial do TRT, e como vice-diretor, Tereza Aparecida Asta Gemignani. Os sete novos dirigentes tomarão posse no próximo dia 7 de dezembro.

O TRT da 15ª Região, com sede em Campinas, é o segundo maior do país em estrutura e em movimento processual. São 153 varas do trabalho, além de nove postos avançados do Judiciário Trabalhista. A jurisdição atinge 599 municípios paulistas, perfazendo 95% do território do estado, onde reside uma população superior a 21 milhões de pessoas, uma das maiores entre as 24 regiões em que está dividida a Justiça do Trabalho do país. Em 2011, a primeira instância da 15ª Região recebeu um total de 247.327 ações trabalhistas e resolveu 238.789. Em segunda instância, foram autuados 98.829 processos e solucionados 87.139. 

Flavio Allegretti de Campos Cooper ingressou na magistratura trabalhista em julho de 1986, como juiz substituto do Judiciário Trabalhista da 2ª Região, transferindo-se, meses depois, para o recém-criado TRT-15. Em julho de 1998, após quase dez anos atuando como juiz titular no Fórum Trabalhista de São José dos Campos, foi promovido, por merecimento, a desembargador.

Professor universitário, com vários artigos publicados em livros e revistas especializadas, Cooper dirigiu a Escola Judicial do Tribunal no biênio 2006-2008, tendo sido vice-presidente do Conselho Nacional das Escolas da Magistratura. Após presidir a 4ª Turma e a 8ª Câmara da corte, elegeu-se, em outubro de 2008, corregedor regional da 15ª Região, cargo que exerceu até dezembro de 2010.

O vice-presidente administrativo eleito, desembargador Fernando da Silva Borges, é titular da corte desde abril de 2002, promovido pelo critério de merecimento. Atual presidente da 10ª Câmara do TRT, foi vice-diretor da Escola Judicial do TRT no biênio 2008-2010.

O desembargador Henrique Damiano, futuro vice-presidente judicial do TRT, integrou o Departamento de Polícia Federal de 1973 a 1985, antes de ingressar, como juiz substituto, na magistratura trabalhista. Após quase dez anos atuando como juiz titular em Sorocaba, foi promovido a desembargador da 15ª Região em 1998. Mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Damiano é o atual presidente da 6ª Câmara da corte.

Desembargador da TRT-15 desde agosto de 1997, o campineiro Eduardo Benedito de Oliveira Zanella, escolhido para ser o próximo corregedor regional da Corte, foi presidente da 1ª Turma do Tribunal (2000-2002), coordenador (2002-2004) e diretor (2004-2006) da Escola Judicial da 15ª Região e vice-presidente judicial do TRT no biênio 2008-2010.

Pernambucano de Caruaru, criado em São Paulo, o vice-corregedor eleito, desembargador José Pitas, integra a segunda instância do TRT da 15ª desde dezembro de 1999. Mestre em Direito Público pela Universidade de Franca, atualmente compõe a 3ª Câmara da corte.

Escola Judicial
Samuel Hugo Lima, o novo diretor da Escola Judicial, é mestre em Direito Processual Civil pela Universidade Paulista. Titular da corte desde 2008, promovido por merecimento, integra o Comitê Gestor do Desenvolvimento do Sistema de Processo Judicial Eletrônico do Conselho Nacional de Justiça. Eleito vice-diretor da Escola para ao biênio 2010-2012, assumiu a direção da instituição em maio de 2012, com a aposentadoria compulsória do então diretor, desembargador José Antonio Pancotti.

Natural de Campinas, Tereza Aparecida Asta Gemignani é titular do TRT da 15ª Região desde 2006, tendo presidido a 1ª Turma do Tribunal Regional no biênio 2008-2010. Membro da Academia Nacional de Direito do Trabalho e presidente do Conselho Editorial da Revista do TRT da 15ª Região, elegeu-se diretora regional do Fórum Nacional Permanente em Defesa da Preservação da Memória da Justiça do Trabalho em outubro de 2009. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRT da 15ª Região.

Revista Consultor Jurídico, 4 de outubro de 2012, 19h13

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/10/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.