Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eleições 2012

TRE-RJ promete tolerância zero contra boca de urna

O objetivo do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, neste pleito, é construir um marco divisor no planejamento de segurança das eleições no estado, segundo o juiz Antonio Augusto de Toledo Gaspar, corregedor eleitoral do Rio e 1º vice-presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro. O lema da campanha do TRE-RJ nessas eleições é “tolerância zero contra os crimes de boca de urna”. 

Em relação as medidas de segurança adotadas pelo TRE-RJ, o juiz garantiu: “No dia das eleições vamos coibir, vamos prender e vamos punir aqueles praticantes principalmente do crime de boca de urna. Pode ser que no dia haja alguma coisa que nos surpreenda, mas estamos nos aparelhando para impedir que a compra de votos e que outros ilícitos eleitorais se perpetuem no dia das eleições”.

Ainda segundo Gaspar, o auxílio das forças nacionais, que operarão conjuntamente, será fundamental para garantir que o momento mais importante da democracia transcorra corretamente. “Não que as eleições nos anos anteriores tenham sido prejudicadas. Elas sempre foram um sucesso, mas agora nós estamos tentando impedir que determinados abusos e crimes que eram cometidos na semana anterior e, principalmente no dia das eleições, sejam praticados. Sabemos que o efetivo do TRE não comporta a demanda, então fizemos esses contatos com os órgãos de segurança, tanto na esfera federal como estadual”.

As declarações foram feitas durante uma reunião na Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (3/10), que teve a participação de 262 juízes eleitorais do estado, incluindo o presidente do TRE-RJ, desembargador Luis Zveiter, a vice-presidente do TRE-RJ, desembargadora Letícia Sardas, e o coronel Erir Ribeiro, comandante geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro. O encontro, promovido pelo TRE-RJ, teve o objetivo de apresentar o planejamento estratégico de segurança para as eleições nos 92 municípios do estado, que possui cerca de 12 milhões de eleitores. Com informações da Assessoria de Imprensa da Amaerj.

Revista Consultor Jurídico, 4 de outubro de 2012, 18h16

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/10/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.