Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Caso Cachoeira

STF arquiva inquérito contra Stepan Nercessian

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, mandou arquivar nesta terça-feira (2/10) o inquérito aberto para apurar a ligação do deputado federal Stepan Nercessian (PPS-RJ) com o empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

A decisão atendeu a pedido do Ministério Público Federal, que não encontrou indícios suficientes para continuar a investigação sobre o parlamentar. Segundo a acusação, o deputado admitiu que recebeu de Cachoeira um empréstimo de R$ 175 mil para quitar a dívida de um apartamento e devolveu a quantia dias depois.

De acordo com o MPF, os diálogos seguintes, grampeados em ligações telefônicas, são apenas sobre amenidades e não trazem informações relevantes contra o parlamentar. “Dessa forma, os elementos que constam dos autos não permitem concluir pela prática de crime pelo deputado”, conclui a acusação, pedindo o arquivamento do processo.

Em sua decisão, Lewandowski lembrou que cabe apenas ao MPF, como titular da ação penal, pedir o prosseguimento ou arquivamento das investigações. O ministro destacou que novo inquérito pode ser aberto caso novas provas apareçam futuramente. Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 2 de outubro de 2012, 18h59

Comentários de leitores

1 comentário

É, nada como ter um bom 'cunha'

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Dizem que se cunhado fosse bom, o tal parentesco não começaria com as respectivas consoante e vogal que lhe dão forma. Entretanto , as vezes e dependendo de quem está por trás delas,acaba valendo à pena. Stepan Nercessian é cunhado de Fausto Silva, ninguém menos do que o apresentador conhecido por 'FAUSTÃO' e que embala os domingos vespertinos na Globo. Não se pretende com isso afirmar ter havido qualquer tipo de influência mas..., como reza o ditado: 'precaução e caldo de galinha não fazem mal a ninguém'

Comentários encerrados em 10/10/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.