Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fusão de companhias

Sindicato cobra prioridade para demitidos da Webjet

O Sindicato Nacional dos Aeroviários informou, nesta sexta-feira (23/11), que vai dar orientação jurídica aos funcionários da sua base de atuação que serão demitidos da companhia aérea Webjet, no caso de dispensas que não cumprirem a convenção coletiva de trabalho da categoria. O sindicato também quer prioridade da Gol Linhas Aéreas para a recontratação dos demitidos.

De acordo com a presidente do SNA, Selma Balbino, a entidade pediu um comprovante por escrito da Gol que garanta prioridade aos funcionários agora demitidos no caso de necessidade de futuras contratações. Ainda segundo Selma Balbino, na base do sindicato, que abrange 23 unidades da Federação, serão demitidos 40 profissionais de operação, entre check in e balcão, e 40 mecânicos. O número de trabalhadores que atuam nesses dois setores é 510 e 150, respectivamente.

No total, 850 funcionários serão demitidos. O fim das atividades da Webjet foi anunciado nesta sexta-feira pela Gol, que havia comprado a empresa em julho de 2011. A operação foi aprovada, no entanto, somente em 10 de outubro passado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 23 de novembro de 2012, 21h07

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/12/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.