Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Em grande estilo

Brasília se descontrai na festa para Joaquim Barbosa

Por 

Contrariando expectativas, a festa em homenagem ao novo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, foi uma das mais descontraídas e menos ortodoxas que Brasília já viu. Além do homenageado, que teve de se retirar para uma sala reservada em alguns momentos para se recompor das dores na coluna — depois de um dia inteiro em posição protocolar —, estiveram no espaço de eventos Porto Vitória, no Lago Sul de Brasília, os ministros Marco Aurélio, Ricardo Lewandowski e Luiz Fux.

A recepção em homenagem ao novo presidente foi organizada e patrocinada pelas associações de juízes - Associação de Magistrados do Brasil (AMB), Associação dos Juizes Federais do Brasil (Ajufe) e Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho (Anamatra).

Das celebridades que foram vistas no Plenário do STF durante a solenidade de posse de Joaquim Barbosa como presidente, também marcaram presença, entre outros, Regina Casé, Lucélia Santos, Lázaro Ramos, Martinho da Vila, Djavan e o bandolinista Hamilton de Holanda. Ministros do Superior Tribunal de Justiça também eram muitos, entre eles os cariocas Marco Aurélio Belizze, Luiz Felipe Salomão e Benedito Gonçalves, além de Antonio Carlos Ferreira, Villas Boas Cueva e o recém indicado Sérgio Kukina.

A grande atração da noite foi mesmo o ministro Luiz Fux, que já brilhara ao fazer o discurso de saudação ao novo presidente durante a cerimônia de posse. Na festa, de guitarra em punho, Fux soltou a voz interpretando "Um dia de domingo", que foi consagrada pela voz de Tim Maia: "Faz de conta que ainda é cedo..."

 é editor da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 23 de novembro de 2012, 1h16

Comentários de leitores

6 comentários

Nada demais.

Então tá! (Advogado Autônomo)

Avante! Polícia Federal.

Nada mal

Prætor (Outros)

Relaxem, Pefer e Armando... entrem no clima!

Lamentável!

Marcelo Dutra (Advogado Associado a Escritório - Empresarial)

Me causa tristeza ver comentários como esses acima. A pobresa de espirito torna o ser humano tão melancólico. Lamentável.
A arte é o caminho da nossa alegria.
Ministro, parabéns!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 01/12/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.