Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tentativa de fuga

Suspensão de visitas causa tumulto em presídio

Familiares, impedidos de visitar os detentos, fizeram reclamações na porta do Presídio de Montes Claros neste sábado (17/11). O impedimento se deu em razão de uma tentativa de fuga. Depois de aproximadamente duas horas, a visita na unidade foi autorizada, mas a proibição continua para os 32 detentos que participaram da tentativa de fuga. A reportagem foi publicada pelo site de notícias G1. 

O diretor do presídio regional, José Pedro, informou que o motivo da suspensão, foi uma tentativa de fuga, ocorrida em um dos pavilhões, na noite desta sexta-feira (16/11). Os presos cerraram as grades das celas e cavaram buracos nas paredes.

O diretor do presídio informou que vai abrir um procedimento administrativo para descobrir como os detentos conseguiram material para quebras as celas.

Revista Consultor Jurídico, 17 de novembro de 2012, 18h21

Comentários de leitores

1 comentário

Segurança em presídios.

Renato C. Pavanelli. (Advogado Autônomo - Civil)

Seria recomendável o Brasil rever alguns conceitos de presídios.
Deveria solicitar do governo americano uma visita ao presídio federal em Miami (FDC), onde, a administração tem 100% de controle dos presos, das visitas e rígido controle de pessoas que ali circulam.
É um prédio de em torno vinte e cinco ou trinta andares, verdadeira fortaleza, onde, até a conversa entre as pessoas existem limites até nos volumes das vozes.
Tive um cliente preso nesse local, observei que o controle de tudo é absoluto.
É claro que essa ideia vai contrariar muitos interesses e pessoas, mas, seria interessante o Ministério da Justiça, CNJ e os administradores penitenciários conhecerem esse prédio e sistema, especialmente pelo ponto de vista de redução de custos.
Saudações.
Renato.

Comentários encerrados em 25/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.