Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Relacionamento em questão

PT falta a encontro com presidente do Supremo

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ayres Britto, reuniu nesta quarta-feira (14/9) presidentes dos Tribunais Superiores, de associações de juízes e líderes partidários do Congresso Nacional, com a intenção de melhorar as relações com o Parlamento. E ainda: alertar sobre a necessidade de valorização da magistratura e dos servidores do Judiciário.

Apesar de o convite ter sido feito a todas as lideranças, nenhum parlamentar do PT compareceu, o que mostra que o motivo da reunião se justifica. Compareceram ao café da manhã representantes do PMDB — Romero Jucá, Antônio Andrade e Henrique Alves —, Luciano Castro (PR) Mendes Thame (PSDB) , Lincoln Portela (PTR) e Sarney Filho (PV). O ministro Joaquim Barbosa, próximo presidente do STF, estava presente também, mas permaneceu calado durante a reunião.

Para um dos juízes presentes, a ausência do PT não deve ser entendida como protesto contra o mensalão “mas como uma indicação de que o governo não vai além dos 15,8% de reajuste”.

Durante o encontro, Britto explicou aos líderes de partido a situação em que se encontra a magistratura, sem atualização remuneratória há quatro anos. Segundo ele, a categoria experimenta um processo de “temerário desprestígio”. O presidente do STF acrescentou que essa situação se reflete nos concursos públicos. “A magistratura perde poder de competitividade. A procura por cargos de magistrado diminuiu preocupantemente”, disse. “Quando a magistratura se desalenta e até deserta, migrando para outras áreas, o país experimenta um decréscimo.”

Ayres Britto destacou ainda que a situação dos servidores do Poder Judiciário também é temerária e que os salários da categoria sofreram perdas inflacionárias superiores a 54%. De acordo com ele, “levas e levas” de servidores estão deixando o Judiciário para carreiras mais atraentes do ponto de vista remuneratório. “Estamos nos desprofisisonalizando. Isso é realidade, não é retórica. Temos tabelas e documentos comprovando isso”, afirmou.

“Queremos uma compreensão do Poder Legislativo para esse estado de coisas, para essa quadra remuneratória preocupante. Que os senhores nos ajudem no sentido de nossa reprofissionalização.” Com informações da Assessoria de Imprensa do STF.
 

Revista Consultor Jurídico, 14 de novembro de 2012, 15h40

Comentários de leitores

13 comentários

Estão zangadinhos ?

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Isso não é nada. A hora que esse povo acordar desse sono letárgico, vai querer botar fogo em cada parlamentar petista, assim como estão fazendo com os ônibus em S.Paulo e aí, então, além de zangada a 'petezada' vai ter que ter perna para correr e fôlego para não ser 'esfolado'.

A Hidra não quer perder nenhuma cabeça

flavio (Outro)

O espírito de grupo dos fanáticos e de torcidas organizadas, não permitem os petistas admitir os crimes e desvios,e os erros .O PT é mais que um partido e todos nós observemos,ajuízemos, estudemos como movem os meandros de nossa sociedade, preparando o bote para o domínio absoluto da esfera político-administrativa do poder,tornando-se o ÚNICO;linha de frente do PMDB o PT é a ponta da lança...Cuidaivos !Precisamos que a oposição política de nosso país seja mais atuante e vigilante ao ingresso de filiados famintos e oportunistas, cogitem haver em suas fileiras traídores e paus mandados, caguetas e etc;pois estamos diante de sérias e ameaçadoras lutas políticas comparadas as guerras porém subjacentes.Ainda tem os que formam a base aliada por cargos ficam de joelhos, ante o ganho extraordinário.Cuidaivos,oh povo,vivei mais dedicados, mais combativos ante a falsidade, a perversidade e o egoísmo que tem um estomago que tem fome e sede infinitos!Despertemos e fiscalizemos,participemos e atuemos,fabriquemos o tempo , pois os profissionais da política agem assim e tem seguidores, cargos em comissão,cargos de confiança e cestas básica numerosos,vale transporte, vale refeição, vale tudo,auxílios diversos e essa conta atinge um produto além da multiplicação,vai para as potencias cetesimais!
A oposição política parece com alzeimer, precisa de novos lideres,de pessoas tenazes,combatentes do sofisma politico,e seguidos de personalidades com verdadeira cultura sócial e política,e dignidades que honrem nosso pais, audazes e sem temor.Esta na hora de bater na corrupção,na venalidade e na traição que atingem tão fundo a sociedade brasileira.Vejam o abandono na Saúde e Educação e a cosequente onda de violencia.Os PTistas são tão ressentidos!

Não precisa de pesquisa

Directus (Advogado Associado a Escritório)

Basta ver o número de inscritos nos últimos concursos. A magistratura já caiu para terceiro ou quarto lugar. Ninguém vai querer ser cobrado mais (juiz tem, inegavelmente, mais deveres) para ganhar menos.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 22/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.