Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Defesa do pobre

Assembleia de SP aprova 400 novos de defensores

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou, nesta terça-feira (13/11), a criação, nos próximos quatro anos, de 400 cargos de defensor público no estado. O Projeto de Lei Complementar 27/2012 segue agora para a sanção do governador Geraldo Alckmin.

A Defensoria paulista atualmente conta com 500 defensores e está presente em 29 das maiores cidades no estado — de um total de cerca de 300 comarcas. Com a aprovação do projeto pelo Legislativo e posterior sanção, será possível ampliar a atuação da instituição.

A defensora pública-geral, Daniela Sollberger Cembranelli, disse que se trata de um "importante passo em prol do crescimento e fortalecimento institucional que se reflete na consolidação dos direitos da população carente do estado. A criação de 400 cargos de defensores públicos constitui um marco institucional histórico em favor do pleno acesso à Justiça".

Após a sanção pelo governador, a instituição poderá preencher imediatamente 100 dos novos cargos com os candidatos aprovados no V Concurso de Ingresso na Carreira de Defensor Público, que foi finalizado no início do mês de novembro. Com informações da Assessoria de Imprensa da Defensoria Pública de São Paulo.

Revista Consultor Jurídico, 14 de novembro de 2012, 10h52

Comentários de leitores

1 comentário

defesa dos interesses dos Defensores públicos e não dos pobr

daniel (Outros - Administrativa)

defesa dos interesses dos Defensores públicos e não dos pobres.
Tudo em prol do corporativismo da Defensoria que explora e usa a pobreza para se manter como a falsa salvadora.

Comentários encerrados em 22/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.