Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Começar de Novo

Correios contratarão 800 detentos em todo o país

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos vai contratar 800 detentos para trabalhar em suas unidades administrativas espalhadas pelo país, conforme Termo de Cooperação Técnica que será assinado, nesta terça-feira (13/11), entre os presidentes do Conselho Nacional de Justiça e do Supremo Tribunal Federal, ministro Ayres Britto, e da ECT, Wagner Pinheiro de Oliveira. Esta será a maior parceria firmada pelo Programa Começar de Novo, do CNJ, que utiliza a oferta de oportunidades de capacitação profissional e de trabalho para prevenir a reincidência criminal.

“Este é o maior Termo de Cooperação assinado com um só parceiro no âmbito do Programa Começar de Novo. Uma iniciativa extremamente importante para o esforço de reinserção social e de redução da reincidência criminal”, comemorou o juiz auxiliar da Presidência do CNJ, Luciano Losekann, coordenador do DMF e responsável pela coordenação nacional do Começar de Novo.

Segundo o acordo, serão contratados 800 detentos que cumprem pena nos regimes semiaberto e aberto. Na ECT, inicialmente eles passarão por capacitação profissional.

A empresa também vai possibilitar a participação dos contratados em atividades socioeducativas e culturais. Quando já estiverem trabalhando, eles vão desempenhar atividades auxiliares que também contribuirão para sua formação profissional. Além disso, com base na legislação penal brasileira, terão o tempo de duração da pena reduzido em um dia a cada três trabalhados. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

Revista Consultor Jurídico, 12 de novembro de 2012, 18h15

Comentários de leitores

4 comentários

Sou contra

RAFAEL ADV (Procurador do Município)

Enquanto 800 detentos GANHAM DE PRESENTE um emprego... o cidadão honesto, que nunca cometeu crimes, continua se ferrando...
Lamentável... tem que colocar pra trabalhar na recuperação de estradas, quebrando pedras, etc etc etc...

Só faltava essa.

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

O único órgão governamental que ainda goza de certa credibilidade, vai ser infestado por ex-detentos em nome de um projeto: 'começar de novo'. Nada contra 'começar de novo', mas que se comece 'trabalhando' na casa dos nossos Ministros, Desembargadores, políticos etc. (com os políticos estarão em casa no sentido literal da palavra).Depois, se provada a ressocialização, que passem a disputar as vagas com aqueles que não delinquiram e que não têm trabalho, muito menos 'cota' ou 'bolsa ex-detento'. Brincadeira !

Qual o sentido disso ? Ainda acham que se comete crime por f

daniel (Outros - Administrativa)

Qual o sentido disso ? Ainda acham que se comete crime por falta de emprego ?
O que gera crime é a impunidade.
E as vítimas também terão emprego no Correio ?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 20/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.