Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dano ao patrimônio

MP de Mato Grosso do Sul investiga vereadores

Dos 5 mil inquéritos abertos contra prefeituras por supostos danos ao patrimônio público 4,2 mil foram instaurados por ineficiência das Câmaras de Vereadores, informou o procurador de Justiça, Mauri Valentim Riciotti, corregedor-geral da Ministério Público de Mato Grosso do Sul. As informações são do Correio do Estado.

“Esses inquéritos tomam o tempo que poderia ser dedicado às reais tarefas do promotor de Justiça”, afirmou Riciotti.

No caso, ao invés de cuidar dos inquéritos que podem não ter desfecho algum, o promotor poderia empenhar-se mais em questões que realmente interessam à comunidade, segundo interpretação do procurador.

“O MPE teria mais tempo, por exemplo, de cuidar de causas ligadas à violência doméstica, de interesse da coletividade, focar-se mais em denúncias que exigem tempo e esforço do promotor. Ou, então, agir com atenção maior em denuncia fundamentada de desvio de recursos, crimes ambientais, de abandono de menor, ou algo assim”, opinou Riciotti. 

*Texto alterado às 16h33 do dia 12 de novembro para correção do título.

Revista Consultor Jurídico, 11 de novembro de 2012, 15h10

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.