Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Para inglês ler

Versão internacional do Anuário é lançada no STF

Por 

Existe pelo mundo, hoje, um grande interesse em conhecer o Brasil. E também a Justiça do Brasil. Esta foi a tônica dominante no lançamento do Justice Yearbook – Who’s Who of Brazil’s High Courts, a versão em inglês do Anuário da Justiça Brasil. O evento aconteceu na noite desta quinta-feira (8/11) na Biblioteca do Supremo Tribunal Federal. Na oportunidade foram lançados outras duas publicações tendo como tema a corte suprema da Justiça brasileira: o catálogo Supremo Tribunal Federal, a história da corte contada em inglês e português, e Composições Plenárias do Supremo Tribunal, a compilação fotográfica de todas as formações do tribunal desde 1891, quando inicia sua fase republicana, até os dias de hoje. [Foto, da esq. para a dir.: ministro Ilmar Galvão; general Enzo Peri; ministros Gilmar Mendes e Celso de Mello, Márcio Chaer; Américo Fialdini; ministros Ayres Britto e Ricardo Lewandowski; Ophir Cavalcante e Nelson Kalandra]

Entre os mais de 200 presentes que prestigiaram os lançamentos estavam o presidente do STF, ministro Ayres Britto, seguido pelos colegas de corte Celso de Mello, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli. Também compuseram o dispositivo oficial da solenidade o ministro aposentado do Supremo Ilmar Galvão; o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, desembargador Nelson Kalandra; o presidente da Associação dos Juizes Federais, Nino Toldo; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante Junior; o comandante do Exército, general Enzo Peri; e o diretor da Fundação Armando Alvares Penteado, principal apoiador da publicação, Américo Fialdini.

Também marcaram presença o advogado-geral da União Luiz Inácio Adams, o ministro do Superior Tribunal de Justiça Luis Felipe Salomão, o juiz federal Fausto Martin De Sanctis, os advogados Vicente Coelho Araújo, do Pinheiro Neto Advogados; Marcos von Glehn e Leonardo Ramos, do MRVG Advogados; Marcos Joaquim Gonçalves, do Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. Quiroga Advogados; e Joaquim Pedro Rodrigues. Do Reino Unido, compareceram sir Ian Andrews, chefe da Agência de Combate ao Crime Organizado, e o assessor para Assuntos Jurídicos e Legais da embaixada britânica Frank Dick.

Ao fazer a apresentação das três publicações, o jornalista Márcio Chaer, diretor da revista Consultor Jurídico e do Anuário da Justiça, fez menção aos ministros Celso de Mello, Gilmar Mendes e ao falecido ministro Menezes Direito como os idealizadores das duas obras que resgatam a memória do Supremo: “Foram eles que defenderam a recuperação das fotografias e imagens de todos os ministros da historia do STF, desde 1891. O trabalho se consubstancia no catalogo das composições plenárias. Junto com Luciano Fuck, e com a Janete Melo, a secretaria de documentação do STF, são também os redatores da segunda obra que será aqui lançada, que é o catálogo histórico do STF, uma obra bilíngüe que poderá servir de cartão de visita internacional do STF”.

Já Anuário em inglês foi uma sugestão do decano da corte: “O Brazil Justice Year Book 2012 foi uma sugestão do ministro Celso de Melo, que ainda na gestão do ministro Peluso sugeriu que o Anuário da Justiça fosse doado como presente para as delegações estrangeiras que visitam o Supremo. A sugestão do ministro Celso teve o apoio do ministro Gilmar”. 

O ministro Ayres Brito, que em duas semanas deixa a presidência e o próprio Supremo Tribunal Federal, por atingir a idade limite de 70 anos, foi homenageado com uma placa [foto] em reconhecimento por seu trabalho em sete anos como ministro da corte e por seu empenho na divulgação do Judiciário brasileiro. Para ele, o Anuário “é uma expansão de informações para fora do país nessa interlocução que a gente vem estabelecendo com mais intensidade com países estrangeiros, notadamente aqueles que têm afinidade conosco em controle de constitucionalidade”.

Anunciantes do Justice Yearbook Brazil 2012

Advocacia Leônidas Ribeiro Scholz
ArcelorMittal
Barbosa, Müssnich & Aragão Advogados
Fialdini, Guillon Advogados
Gamil Föppel Advogados
Heleno Torres Advogados
Lobregat e Advogados
Luiz Leonardos & Cia.
Machado, Meyer, Sendacz e Opice Advogados
OAB- Conselho Federal
Oliveira Campos & Giori Advogados
Pinheiro Neto Advogados
Rocha, Marinho e Sales Advogados
Sacha Calmon, Mizabel Derzi Consultores e Advogados
Teixeira, Martins e Advogados
Toron, Torihara e Szafir Advogados
TozziniFreire Advogados

 é diretor de redação da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 8 de novembro de 2012, 23h06

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.