Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Escolhidos das listas

Scheuerman e Belmonte são indicados para TST

Os desembargadores Hugo Carlos Scheuerman, do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (Rio Grande do Sul), e Alexandre de Souza Agra Belmonte, do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (Rio de Janeiro), foram indicadas pela presidente Dilma Rousseff para ministros do Tribunal Superior do Trabalho.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (24/5) pelo pelo presidente do TST, João Oreste Dalazen, na reabertura da Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1). Eles foram escolhidos pela presidente Dilma a partir de duas listas tríplices apresentados pelo TST.

Agora, os desembargadores serão submetidos a sabatina na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal. Se aprovados por maioria absoluta, serão nomeados pela presidente da República e tomarão posse nas vagas anteriormente ocupadas pela ministra Rosa Weber, hoje ministra do Supremo Tribunal Federal, e Milton de Moura França, que se aposentou em março.

Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (Rio Grande do Sul), Hugo Carlos Scheuermann é professor na Fundação Escola Magistratura do Trabalho do Rio Grande do Sul, na Escola Judicial e em cursos de pós-graduação.  Considera a sua indicação a coroação de uma carreira de 23 anos na magistratura trabalhista. "Agora vou me submeter à aprovação do Senado e, se aprovado, será uma honra muito grande fazer parte do Tribunal Superior do Trabalho, representando o Rio Grande do Sul, na vaga da ministra Rosa Maria Weber", destacou.

O magistrado nasceu em Três Passos (RS), graduou-se  em Direito pela PUC-RS em 1986 e especializou-se em Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho e Direito Previdenciário pela Universidade de Santa Cruz do Sul (2007). Ingressou no TRT gaucho como auxiliar judiciário em 1983, depois de aprovação em concurso público. Após exercer várias funções no TRT, passou no concurso para juiz do Trabalho em 1987. Em janeiro de 2003, tomou posse como desembargador do TRT 4ª Região.

Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª região (Rio de Janeiro), Alexandre de Souza Agra Belmonte é professor de mestrado da Universidade Presidente Antônio Carlos e autor de diversos livros jurídicos. Espera atuar no TST no sentido de concretizar a Constituição, "na busca da justiça social, atento à dignidade da pessoa humana do trabalhador, dos valores sociais do trabalho, e da livre iniciativa".

Doutor em Justiça e Sociedade, e mestre em Direito das Relações Sociais, Agra Belmonte nasceu no Rio de Janeiro em 1959. Bacharel em Direito pela Universidade Gama Filho, atuou como advogado cível e trabalhista de 1981 a 1993, quando passou no concurso para juiz do trabalho. Em 2004, assumiu como desembargador do TRT 1ª Região.  Com informações da Assessoria de Comunicação do TST.

[Texto alterado às 19h45, para acrescentar informações]

Revista Consultor Jurídico, 24 de maio de 2012, 15h20

Comentários de leitores

1 comentário

Aos futuros Ministros

GUSTAVO CAMPBELL (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Quero aqui registrar os meus parabéns aos futuros Ministros que irão abrilhantar o Colendo Tribunal Superior do Trabalho. Tive a imensa honra de conhecer o Dr. Hugo em 2007 num curso que ministrou na Femargs. Um excelente Professor com vasto conhecimento jurídico. Já o Dr. Alexandre Agra Belmonte, antes mesmo de conhecê-lo pessoalmente, tive o imenso prazer de estudar a sua obra Instituições Civis no Direito do Trabalho. Os TRTs da 1a e 4a R perderam dois grandes Desembargadores, mas o Brasil todo ganhará dois grandes Ministros. Enfim, parabéns Presidenta Dilma pelas acertadas escolhas.

Comentários encerrados em 01/06/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.