Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Acidente na Dutra

OAB-MG quer que morte de JK seja investigada de novo

A Ordem dos Advogados de Minas Gerais quer que a Comissão da Verdade, instalada nesta semana pela presidente Dilma Rousseff, investigue a morte do ex-presidente Juscelino Kubitschek. O órgão enviará os documentos à comissão nos próximos dias, segundo o jornal O Estado de S.Paulo. A versão oficial da história diz que JK morreu em um acidente na Via Dutra (RJ), depois que o motorista Geraldo Ribeiro perdeu o controle do veículo e bateu em um caminhão.

Segundo o advogado da Comissão de Direitos Humanos da OAB-MG, William Santos, as 2.629 páginas do processo com a investigação da morte de JK contém furos. De acordo com o jornal, a OAB afirma que os responsáveis pelas investigações colheram o depoimento de apenas nove passageiros do ônibus — cujo motorista teria causado o acidente — e nenhum deles confirmou a versão da colisão com o carro do político. 

Revista Consultor Jurídico, 20 de maio de 2012, 15h29

Comentários de leitores

2 comentários

Desenterrando mandiocas

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Que tal retroceder um pouco mais e investigar o 'suicídio' de Getúlio Vargas ?

Jango

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

Essa vai fazer com que Jair Bolsonaro e as demais viúvas da ditadura do Clube Militar do Rio de Janeiro fiquem de cabelo em pé.
Nunca é demais lembrar que a morte de Jango também se deu em circunstâncias duvidosas

Comentários encerrados em 28/05/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.