Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Briga dos Pentas

Força policial poderá tirar Taça das Bolinhas do São Paulo

A briga judicial entre o Clube de Regatas Flamengo e o São Paulo Futebol Clube pela Taça das Bolinhas parece não ter fim. Depois de o clube paulista não cumprir medida cautelar que previa a devolução do troféu para a Caixa Econômica Federal, a 50ª Vara Cível do Rio de Janeiro autorizou a utilização de força policial para que seja cumprida a determinação judicial.

Em fevereiro, um oficial de justiça chegou a ir até o Morumbi, onde fica o clube paulista, para retirar o objeto, mas não pode fazê-lo devido a ausência do presidente Juvenal Juvêncio.

A Taça das Bolinhas, criada para premiar o campeão brasileiro, seria de posse definitiva daquele clube que vencesse três vezes consecutivas ou cinco vezes alternadas o Campeonato Brasileiro. O Flamengo alega que conquistou seu quinto título em 1992, enquanto o São Paulo foi penta-campeão em 2007.

O problema, porém, está na conquista rubro-negra de 1987. O campeonato foi organizado por uma dissidência dos principais clubes do país à época - um dos líderes era o São Paulo. O título do Flamengo chegou a ser reconhecido pela CBF, mas a entidade foi obrigada judicialmente a declarar o Sport campeão daquele ano. Com informações do site Yahoo!.

Revista Consultor Jurídico, 3 de maio de 2012, 22h02

Comentários de leitores

2 comentários

Sortear a Taça!

Hercules (Outros)

No país do futebol, do carnaval e da piada pronta, a melhor decisão, seria: não entregar a taça nem ao São Paulo e nem ao Flamengo e, simplesmente, fazer um sorteio entre torcedores de todos os clubes que participam ou participaram do principal campeonato de futebol brasileiro.

e onde

Leneu (Professor)

Juvenal Juvêncio irá tomar seus "bons drink" (SIC)?

Comentários encerrados em 11/05/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.