Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Quinto da advocacia

Governador nomeia dois desembargadores para TJ-SP

Perto da idade limite para ingressar na Justiça estadual, o advogado Cesar Ciampolini Neto (à esquerda na foto), que foi presidente do Clube Paulistano (um dos preferidos dos juízes paulistas), teve seu nome aprovado nesta terça-feira (10/1) para ocupar vaga do Tribunal de Justiça de São Paulo pelo quinto constitucional da advocacia. Na mesma oportunidade, foi nomeado desembargador o advogado Pedro Alcântara da Silva Leme Filho (à direita).

As escolhas feitas pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) foram publicadas na edição desta quarta-feira (12/1) do Diário Oficial de São Paulo. Ciampolini Neto vai ocupar a cadeira deixada pelo desembargador Luiz Fernando Gama Pellegrini, em decorrência de sua aposentadoria. E Pedro Alcântara da Silva Leme Filho, a do desembargador Luís Camargo Pinto de Carvalho.

No último 19 de dezembro, às vésperas do recesso forense, o Órgão Especial TJ paulista escolheu seis candidatos para preencher duas vagas da advocacia na corte. Nela, Ciampolini Neto obteve 20 votos na primeira rodada de votação e encabeçou a primeira lista. Pedro Alcântara da Silva Leme Filho ocupou o primeiro lugar da segunda lista, com 19 votos. Os nomes foram enviados ao governador do estado, Geraldo Alckmin.

Prestes a completar 60 anos, Ciampolini queria uma votação rápida da lista. Seus aliados também. Como noticiou a Consultor Jurídico, a eleição foi motivo de disputa dentro do tribunal. O atual presidente do TJ-SP, Ivan Sartori, pediu o adiamento da votação, pois, segundo ele, não houve tempo suficiente para que desembargadores examinassem cuidadosamente os indicados nas listas tríplices enviadas pela OAB.

O então presidente da corte, desembargador José Roberto Bedran, concordando com Sartori, votou que a eleição deveria ser feita na primeira sessão em fevereiro de 2012. No total, a proposta de adiar recebeu cinco votos favoráveis.

Revista Consultor Jurídico, 12 de janeiro de 2012, 16h44

Comentários de leitores

2 comentários

MAGISTER DIXET

acdinamarco (Advogado Autônomo - Criminal)

APRENDI HÁ MUITOS E MUITOS ANOS :
"QUEM TEM PADRINHO NÃO MORRE PAGÃO."(magister dixet)

O clube preferido na verdade é

Michael Crichton (Médico)

a Apamagis.

Comentários encerrados em 20/01/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.