Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Falha técnica

Site do TJ-SP tem problemas em consulta às decisões

Por 

Por uma falha técnica, as decisões de alguns processos eletrônicos que não correm em segredo de Justiça não podem mais ser acessadas no site do Tribunal de Justiça de São Paulo. Quem tenta acessá-los recebe a seguinte mensagem: "Informe a senha de acesso aos autos. Caso não a possua e seja parte do processo, dirija-se ao cartório para solicitá-la. Se for advogado(a) deste processo habilite-se no Portal ou efetue login pelo link 'Identificar-se'".

De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal, o TJ-SP já está tomando as medidas para a regularização da página, mas o problema só deve ser solucionado a partir da próxima segunda-feira (9/1).

Outras áreas do site podem oferecer dificuldades de acesso, pois o sistema é novo e as falhas estão sendo descobertas à medida em que o site é utilizado. Segundo a assessoria, o próprio tribunal está enfretando dificuldades para atualização do site e navegação em sistemas de uso interno.

Todo a estrutura e layout do site passou por uma reformulação. O layout mais simples e colorido, e a divisão das principais áreas em cinco temas (advogados, cidadãos, magistrados, servidor e comunicação) devem facilitar a navegação dos usuários que buscam informações sobre o tribunal e processos. 

[Notícia alterada em 4 de janeiro de 2012, às 21h58, para correção de informações.]

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 4 de janeiro de 2012, 15h14

Comentários de leitores

2 comentários

SE A ENTIDADES...

Eduardo.Oliveira (Advogado Autônomo)

Se as entidades de "defesa" da advocacia não tivessem brigado pelo descanso de quinze dias para a magistratura paulista (medida que foi camuflada com o rótulo de suspensão de prazos para o descanso dos advogados), concorrendo ativamente para o fechamento de fóruns, SE a normalidade imposta pela EC 45 tivesse sido mantida certamente as medidas de "modernização" teriam ocorrido há uma semana e não às vésperas da retomada dos prazos. Por qual motivo? Os testes teriam sido realizados antes e os advogados talvez tivessem percebido antes, também.
Pois é...
E as entidades de "defesa" da advocacia já questionaram os motivos de intimmações estarem sendo veiculadas no DJe hoje, antes da reabertura dos fóruns?
Com fóurm fechado, não se pode praticar ato processual.
Vamos bem...
Enquanto dirigentes da entidade se preocuparem com seus nomes nas listas do TJ e do TJm (ou outros cargos eletivos), não teremos grandes esperanças, porque não são advogados, mas alpinistas jurídicos.

Falha perdoável

Hipointelectual da Silva (Outros)

A falha é perfeitamente perdoável.
Tudo o que é novo está sujeito a ajustes, da mesma forma como ocorre com os automóveis, constantemente submetidos aos recalls.
Aliás, o site ficou muito bonito.
Parabéns ao TJ!

Comentários encerrados em 12/01/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.