Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dissidente político

Advogado chinês desaparecido está preso, diz irmão

As autoridades chinesas prenderam o famoso advogado chinês Gao Zhisheng, dissidente do regime político comunista do país. Ele está detido na prisão do Condado de Shaya, na região de Xinjiang, sob a acusação de "incitar a subversão do poder de Estado". Essa é a primeira confirmação do paradeiro de Gao em quase dois anos, em um caso que provocou críticas às detenções secretas praticadas por Pequim. As informações são da Folha Online.

"Agora finalmente sabemos onde ele está, e espero poder visitá-lo em poucos dias, mas é uma longa distância a percorrer", disse Gao Zhiyi, irmão do advogado.

A agência de notícias estatal chinesa Xinhua divulgou, no mês passado, que Gao Zhisheng havia sido enviado de volta à prisão, pondo fim a sua liberdade condicional por uma condenação anterior. Como a agência não disse exatamente onde ele estava, familiares e partidários acreditam que ele tenha sido mantido preso em segredo pelas autoridades pela maior parte dos últimos dois anos.

Gao Zhisheng é advogado na área de direitos humanos. Advogou em causas condenadas pelo Partido Comunista e foi sentenciado a três anos de prisão em 2006 por "incitar a subversão do poder estatal", uma acusação frequentemente usada para castigar críticos do regime de partido único.

Embora tenha sido condenado a cinco anos de liberdade condicional, o que oficialmente o teria poupado da prisão, a família acredita que ele ficou sob constante vigilância e que foi detido diversas vezes neste período. Sua liberdade condicional estava prestes a expirar quando o tribunal anunciou que ele seria enviado à prisão para cumprir sua sentença.

Revista Consultor Jurídico, 2 de janeiro de 2012, 19h27

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 10/01/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.