Consultor Jurídico

Notícias

Nota de esclarecimento

Ajufe responde crítica da OAB sobre paralisação

Comentários de leitores

8 comentários

Masi do que justo.

envi (Assessor Técnico)

É justo o aumento sim, se tem direito e o governo não quer nem negociar, é mais do que justo a paralisação. Os médicos fazem uma paralisação de 24 Hs todo mundo concorda e se sensabilizam com a situação dele, agora os juizes em seu pleno direito de reivindicar, quando fazem uma paralisação todo mundo bota a boca o trombone, falando que juiz já ganha bem, não faz nada. Por isso eu acho é bom mesmo que os juizes paralisem por um dia as suas atividades para que a população, os advogados e a OAB sinta na pele a falta que um juiz faz.

Proporção

Ricardo Cubas (Advogado Autônomo)

Se fizerem um estudo com os dez países que têm renda per capita semelhante ao do Brasil, verificar-se-á que os juízes brasileiros são, em média, os mais bem remunerados do mundo.
.
Se fizerem outro estudo, aplicando o mesmo comparativo dos dez países que têm os piores índice gini (concentração de renda), os juízes brasileiros continuam campeões mundiais de remuneração.
.
Agora, se fizerem outro estudo, com todos os países da américa latina, levando em consideração o comparativo entre a maior remuneração e a menor remuneração paga pelo setor público, verificar-se-á que o Brasil estará entre os primeiros colocados onde o maior salário supera em muitas vezes os menores salários.
.
Não é por outra razão, que se forem efetuados os mesmos estudos com relação ao que é pago aos parlamentares brasileiros, as mesmas conclusões serão obtidas.
.
Enfim, deve existir uma grande promiscuidade entre Legislativo e Judiciário de forma a que todos essas excrecências aconteçam.
.
A riqueza no Brasil é pessimamente, mas muito pessimamente mesmo, distribuída, não havendo sinais de qualquer reversão nessa perversidade. Muito pelo contrário, cada vez que o teto remuneratório do setor público aumenta, mais injusta a situação fica.

Só dinheiro

. (Professor Universitário - Criminal)

No fundo de toda a discussão o que todo mundo quer é dinheiro, dinheiro e dinheiro. O resto é balela. Juízes já ganham mais de 40 (quarenta) salários mínimos e não têm nenhum pudor em pedir mais. Isso sem contar o privilégio das férias de 60 dias, cursos no exterior pagos com dinheiro público, auxílio moradia, jornada de 06 horas (das 13:oo às 19:oo h.) etc. Que tal vincular os aumentos salariais de juízes e políticos em geral, ao percentual de aumento do salário mínimo ?

Ninguém tem dó

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Ora, o que os juízes federais de todas as instância tem feito nos últimos anos com a sucumbência, notadamente em desfavor de advogados que postulam contra a União? Transformaram-na em uma verdadeira piada. Há algum tempo, em um recurso, calculei o tempo que a demanda aturou e o valor dos honorários de sucumbência arbitrados. Dividindo-se pelo número de meses, o valor não era suficiente nem mesmo para comer uma coxinha de boteco por mês. Assim, dificilmente os juízes vão ver a OAB ou advogados apoiando reivindicação de reajustes.

Questão pisiquiátrica

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

É curioso notar que toda vez que um juiz é CONTRARIADO passa a alegar que foi OFENDIDO. Parece ser uma doença crônica que afeta a todos eles.

OS JUÍZES COITADINHOS

André Nunes (Serventuário)

QUEM OUVE OS JUÍZES FEDERAIS FALAREM, FICA COM PENA... DÁ VONTADE, ATÉ, DE DAR UMA ESMOLA !! COITADINHOS!!!

Lutar por seus direitos.

Tiago_61 (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Todo cidadão tem o direito de lutar por seus direitos, inclusive o juiz!
O comentarista abaixo condiciona que os juízes tenham seus salários reajustados, DESDE QUE o mesmo direito seja reconhecido a outros profissionais do serviço público, etc...
Ora, os juízes federais estão pleiteando legitimamente um direito já garantido, indiscutível.
Se outros profissionais também têm este direito, que lutem, reivindiquem democraticamente!
Na verdade, quando o Estado nega a alguém, ou a uma classe, um direito já consolidado, estará apenas adiando a oferta do tal direito, pois um dia ele será concedido (no Estado Democrático de Direito), custe o tempo que custar.
Conclusão: o que se vê é que os juízes estão fazendo uma poupança forçada, pois é evidente que receberão seus direitos no futuro, com juros e correção monetária.
Portanto, os que estão atrapalhando (só para chatear) o reajuste salarial dos juízes federais, estão causando um grande deserviço às finanças da União.

One moment, please

Ricardo Cubas (Advogado Autônomo)

Quer dizer que os juízes estão requerendo reajuste anual do teto remuneratório com base na inflação do ano anterior? é isso mesmo?
.
Perfeito pleito, justíssimo! No entanto, é fundamental, mas fundamental mesmo, que essa regra seja assegurada a todos os servidores públicos e a todos os trabalhadores da iniciativa privada.
.
Aí sim, se a regra for estendida a todos os brasileiros e brasileiras assalariados, tudo bem, tudo jóia. Caso contrário, é regra injusta, atentatória ao basilar princípio constitucional isonômico.
.
Como havia dito antes, equiparar direitos ao ministério público é justo. Mas, reajustar o teto pela inflação passada - sem criar regra constitucional que estipule o menor e o maior salário pago pelo poder público - é um absurdo sem tamanho.

Comentar

Comentários encerrados em 7/04/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.