Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ano Judiciário

Na abertura do ano, TRT-15 premia personalidades

Abertura TRT15 - TRT-15

Na solenidade de abertura do Ano Judiciário Trabalhista na 15ª Região foram entregues as comendas da Ordem do Mérito Judiciário da Justiça do Trabalho da 15ª Região, nos graus de Grande Colar e Medalha Ouro, a 11 personalidades que se destacam por relevantes serviços prestados à cultura jurídica, à sociedade ou à Justiça do Trabalho. A cerimônia foi realizada na última quinta-feira (24/3) no Plenário Ministro Coqueijo Costa, no 1º andar do edifício-sede da Corte, em Campinas (SP).

O desembargador presidente do tribunal, Renato Buratto, declarou que "2011 é um marco histórico para o Poder Judiciário trabalhista no Brasil, que foi instaurado por Getúlio Vargas, em ato público realizado no dia primeiro de maio de 1941. São, portanto, 70 anos de evolução e desenvolvimento, que se fundem às transformações sociais, políticas e econômicas vivenciadas pelo país. Este ano é um marco também para o Tribunal Regional da 15ª Região, que completa 25 anos de história. Nosso tribunal regional é o segundo do país em estrutura e movimento processual e registra elevados níveis de excelência e produtividade, ocupando posição de destaque entre os órgãos do Judiciário nacional".

O grande Colar foi entregue ao ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Emmanoel Pereira; ao prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos; à desembargadora ex-presidente do TRT da 14ª Região (RO e AC), Maria Cesarineide de Souza Lima; ao desembargador presidente do TRT da 2ª Região (SP), Nelson Nazar; e à desembargadora ex-presidente do TRT da 17ª Região (ES), Wanda Lúcia Costa Leite França Decuzzi.

A Medalha de Ouro, por sua vez, foi recebida pela procuradora do Ministério Público do Trabalho da 15ª Região, Adriana Bizarro; pelo presidente da Rede Record de Televisão, Alexandre Raposo; o secretário municipal de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública de Campinas, Carlos Henrique Pinto; desembargadora do TRT-2, Mariangela de Campos Argento Muraro; advogado e consultor jurídico, Paulo Eduardo Magalhães de Araújo; e a juíza presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 2ª Região, Sonia Maria Lacerda.

A vice-presidente do Ceivi, Vera Virgínia Paschoalini Ienne, recebeu a Medalha de Ouro em nome da instituição. Organização não governamental sem fins lucrativos, o Ceivi tem como missão propiciar ao deficiente intelectual e sua família o desenvolvimento das suas capacidades e sensibilizar a comunidade para as questões da deficiência.

Instituída em 1992, a Ordem do Mérito representa o reconhecimento do tribunal ao trabalho de personalidades, autoridades, pessoas jurídicas e instituições nacionais ou estrangeiras. As honrarias concedidas este ano foram aprovadas pelo Tribunal Pleno, em sessão realizada em 10 de fevereiro.

Ao encerrar a solenidade, o presidente do TRT ressaltou que "a outorga das comendas da Ordem do Mérito se torna um ato singelo diante de tanta dedicação, esforço e comprometimento com as causas sociais e de justiça. Parabenizo a todos pelas inúmeras ações desenvolvidas, que contribuem para a construção de um mundo melhor e uma sociedade mais justa". Com informações da Assessoria de Imprensa do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região.

Revista Consultor Jurídico, 28 de março de 2011, 18h05

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/04/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.