Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Seleção de estagiários

Defensoria de São Paulo prorroga prazo de inscrição

A Defensoria Pública de São Paulo prorrogou até a próxima quarta-feira (30/3) o prazo para inscrições para o concurso de seleção de estagiários de Direito na capital, Mogi  das Cruzes, Itaquaquecetuba, São José dos Campos e Registro. As inscrições são gratuitas e o estágio tem carga horária de 20 horas semanais e fornece bolsa mensal de R$ 671,61.

O concurso pretende preencher 136 vagas além de outras que forem abertas no seu prazo de validade. O candidato deve se inscrever na unidade onde pretende atuar, onde deve comparecer com a ficha de inscrição disponível no portal da Defensoria Pública preenchida e com o documento pessoal. As inscrições também podem ser feitas por procuração, entre 10h e 17h, e entre 13h e 17h na regional criminal.

Os endereços das regionais estão presentes no edital do concurso, que também prevê a reserva de 10% das vagas para pessoas com deficiência física.

A prova será composta de questões de múltipla escolha sobre Direito Constitucional, Civil, Penal, Processual Civil, Processual Penal, princípios institucionais e fundamentos de atuação da Defensoria Pública. A seleção também conta com avaliação de títulos, e o estágio serve como título nos concursos de ingresso na carreira de defensor público do Estado, como serviço público relevante e como prática forense.

Outras informações podem ser obtidas pelo site www.defensoria.sp.gov.br, na página “Concursos”. Com informações da Assessoria de Imprensa da Defensoria Pública de São Paulo.

Revista Consultor Jurídico, 27 de março de 2011, 6h17

Comentários de leitores

2 comentários

Ser pobre não é fácil no Brasil...

Fernando (Bacharel)

Pior não é o que o estagiário recebe, mas os 50% que o pobre tem que pagar ao final para o advogado que não cobra pelos "custos iniciais" do processo. Acompanho as mensagens sobre a Defensoria e cheguei a uma conclusão. Somos um país de hipócritas que querem ver os pobres na ...
1) Defensor vai a um congresso: mamata.
2) Advogado vai a congresso: aperfeiçoamento profissional.
=========
1) Defensor tem gabinete: mamata.
2) Advogado tem gabinete: local de trabalho.
=========
1) Defensor tem estagiário: absurdo.
2) Advogado tem estagiário: escritório com estrutura.
=========
1) Pobre não paga nada para ter assistência: absurdo.
2) O pouco que o pobre ganha tem que dividir ao final: justo diante de XX anos de trabalho.
=========
1) Governo investe na Defensoria = absurdo.
2) Governo ajuda bancos com XXX bilhões = normal.

Estagiário da Defensoria recebe mais que cliente

analucia (Bacharel - Família)

Um Estagiário da Defensoria recebe mais que o público que a Defensoria diz atender e ainda trabalha apenas 20 horas semanais.
o gasto com Defensoria é alto e inviável.

Comentários encerrados em 04/04/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.