Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nova ministra

Delaíde Miranda Arantes é sexta mulher do TST

A mais nova ministra do Tribunal Superior do Trabalho, Delaíde Miranda Arantes será empossada solenemente nesta quinta-feira (24/3), às 17 horas, na sala de sessões solenes do Pleno. A ministra ocupa a vaga decorrente da aposentadoria do ministro José Simpliciano Fernandes pelo quinto constitucional dos advogados.

Delaíde foi escolhida pelo ex-presidente Lula e nomeada pela presidente Dilma Rousseff, e já está no exercício do cargo desde 1° de março, sendo a sexta mulher do tribunal, que tem 27 ministros. Com sua posse, o TST passa aser a corte superior com maior bancada feminina. Ela integra a 7ª Turma do TST e a Subseção de Dissídios Individuais 1.

A ministra compõe o Conselho Estadual da Mulher (Conem-GO), é vice-presidente da Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ-GO) e presidente do Instituto Goiano de Direito do Trabalho (IGT).

Veja o que o Anuário da Justiça Brasil 2011 , que será lançado no próximo dia 30, escreve sobre a nova ministra:

"A mais nova ministra do TST, Delaíde Arantes, conheceu na pele a desigualdade da relação entre patrão e empregado. Com 19 anos de idade, saiu da zona rural de Goiás e foi para a capital estudar. Para pagar os estudos, trabalhou inclusive como doméstica.

Oito anos depois, formada, se dedicou exclusivamente à advocacia trabalhista. Em 30 anos de carreira, atuou no Supremo, no TST e nos tribunais e fóruns trabalhistas de São Paulo, Brasília, Goiás, sempre na área contenciosa e na administrativa. Foi também consultora jurídica trabalhista e sindical. Advogou para a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino, a Federação dos Professores de São Paulo, o Sindicato dos Bancários de Goiás, as Centrais Elétricas de Goiás, entre outros clientes.

Delaíde é mulher do ex-deputado federal Aldo Arantes (PCdoB). Foi presidente do Instituto Goiano de Direito do Trabalho, vice-presidente da Associação Brasileira de Mulheres de Carreiras Jurídicas em Goiás e secretária-geral da seccional goiana da OAB".

Revista Consultor Jurídico, 24 de março de 2011, 1h46

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/04/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.