Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Depois da tragédia

Advogados do Japão agradecem solidariedade da OAB

O diretor do Departamento de Relações Internacionais da Federação das Ordens de Advogados do Japão, Futoshi Toyama, agradeceu a mensagem de solidariedade enviada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil em virtude do terremoto e dos tsunamis que assolaram o país na última semana.

Na mensagem, Toyama afirma que todos do escritório da federação estão a salvo, porém, a entidade trabalha na tentativa de confirmar se os membros da Ordem japonesa nas regiões afetadas estão em segurança.

Na carta enviada ao Japão, o presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, manifestou “votos de confiança na recuperação de um povo que, ao longo dos anos, tem fornecido lições de sabedoria e humildade para lidar com as forças da natureza”.

Leia a mensagem enviada pela federação japonesa:

Exmo. Sr. Presidente,

Expresso minha gratidão por suas generosas palavras de encorajamento para nossos membros e para todo o povo japonês. Felizmente, todos do escritório da Federação das Ordens de Advogados do Japão estão a salvo. Estamos, no momento, tentando confirmar a segurança dos membros da Ordem japonesa nas regiões terrivelmente afetadas pelo maior terremoto da história do Japão.

Nos próximos dias, o nosso trabalho ficará um pouco prejudicado, já que muitos dos membros de nossa equipe estão enfrentando dificuldades para chegar ao trabalho, pois a maioria dos trens permanece parada devido às falhas no fornecimento de eletricidade causadas pelo terremoto. Essa situação continuará por algum tempo. Não sabemos até quando, mas temos confiança de que o Japão superará esse desastre e se recuperará.

Muito grato por sua assistência.
Sinceramente,
Futoshi Toyama
Diretor
Departamento de Relações Internacionais
Federação das Ordens de Advogados do Japão

Revista Consultor Jurídico, 17 de março de 2011, 8h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/03/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.