Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tese de doutorado

Ministro da Defesa da Alemanha é acusado de plágio

Karl-Theodor zu Guttenberg - ministro de Defesa da Alemanha - flickr.com

O ministro da Defesa da Alemanha, Karl-Theodor zu Guttenberg, foi acusado de plagiar trechos de sua tese de doutorado, aprovada com louvor pela Universidade de Bayreuth. O professor de Direito Andreas Fischer-Lescano, da Universidade de Bremen, declarou nesta quarta-feira (16/2) ao jornal Süddeutsche Zeitung que a tese do ministro tem várias passagens de "plágio flagrante" e "falsificação". Guttenberg declarou que a acusação é um "absurdo".

Segundo Lescano, professor de Direito Público, Direito Europeu e Direito Internacional em Bremen, nas passagens "plagiadas", o ministro utiliza citações e fórmulas idênticas a textos anteriormente publicados e trabalhos de outros autores, porém, sem citar fontes ou dar créditos. Em seu site, o jornal publicou uma comparação entre as partes da tese de Guttenberg com os originais apontados por Lescano.

O Süddeutsche Zeitung divulgou, ainda, que o caso está sendo investigado pelo professor Diethelm Klippel, ombudsman da Universidade de Bayreuth, onde Guttenberg apresentou sua tese de doutorado, em 2006. No ano seguinte, ele recebeu a maior nota pelo trabalho.

Guttenberg declarou que "está disposto a verificar a qualquer momento se as 1.200 menções em notas de rodapé em 475 páginas" de sua tese têm alguma impropriedade. Segundo o ministro, ninguém o ajudou a fazer a tese. "O desenvolvimento deste trabalho foi feito pelo meu próprio desempenho", afirmou.

Revista Consultor Jurídico, 16 de fevereiro de 2011, 18h22

Comentários de leitores

1 comentário

... plágio ... cópia desavergonhada ...

Luiz Eduardo Osse (Outros)

... isso é mais comum que pereba em moleque! Um promotor do MPF em Brasília, um pernambucano, vai devolver o prêmio de R$ 1500 que recebeu num concurso de monografias, porque foi descoberto em sua traquinagem de copiar textos alheios (duma brilhante advogada paulistana). A própria Dilma Roussef, uma mineira, certa vez entregou seu 'curriculum vitae' com muitas mentiras acerca de cursos que dizia ter feito, mas que na realidade nunca os fez. Coisas de gente sem capacidade que querem, forçosamente, aparecerem de modo diverso do que realmenmte são ...

Comentários encerrados em 24/02/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.