Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Identidade visual

CNJ usará marca do TJ-DF sobre violência doméstica

Violência da Mulher - www.tjdft.jus.brA campanha de combate à violência doméstica e familiar contra a mulher, do Conselho Nacional de Justiça, poderá ser identificada por uma marca desenvolvida pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal. A identidade compõe o material da V Jornada da Lei Maria da Penha, que é promovida pela entidade. Todas ações e materiais relacionados ao assunto serão estampados com a marca.

A marca produzida pelo TJ-DF não traz mulheres com olhos roxos ou sinais de agressão. Pelo contrário. O tribunal preferiu criar uma imagem que, além da violência física e explícita, também retratasse a violência psíquica e emocional. Segundo o CNJ, a ideia central era transmitir a mensagem sem causar impacto negativo e sem chocar.

A imagem é usada desde 2006. Naquele ano foi inaugurado o primeiro Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. Três desses Juizados estão localizados no Fórum José Júlio Leal Fagundes, que atende a circunscrição de Brasília. Com informações da Assessoria de Comunicação do TJ-DF.

Revista Consultor Jurídico, 15 de fevereiro de 2011, 11h30

Comentários de leitores

2 comentários

Um gênio, seu criador ou a equipe!

Chiquinho (Estudante de Direito)

Imagem genial!

A imagem diz por si só...

Edwiges C. Pires (Estagiário)

De extremo bom gosto esta imagem que será usada na Campanha contra violência doméstica.
Retrata a vergonha, a humilhação daquele ser que é agredido.
Acho que imagens de pessoas que são agredidas e que tenham lesões reais devam ser mostradas, mas penso também que esta linda imagem nos proporciona uma interpretação muito mais extensiva.
Aos criadores da imagem, meus parabéns!

Comentários encerrados em 23/02/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.