Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Informantes na Polícia

PF prende policiais civis e militares no Rio

A Polícia Federal no Rio de Janeiro, a Secretaria de Segurança Pública do Estado e o Ministério Público Estadual deflagraram, nesta sexta-feira (11/2), a operação batizada como Guilhotina. Os órgãos estão cumprindo 45 mandados de prisão preventiva, sendo 11 contra policiais civis e 21 contra policiais militares e a 48 mandados de busca e apreensão.

Segundo a PF, a operação iniciou a partir de vazamento de informação em outra operação policial que era conduzida pela Delegacia de Polícia Federal em Macaé (RJ), denominada Operação Paralelo 22. O objetivo desta operação era prender o traficante conhecido como Rupinol, que atuava na favela da Rocinha junto com o traficante conhecido como Nem.

Duas investigações paralelas foram iniciadas, uma da Corregedoria Geral Unificada da Secretaria de Segurança do Rio e outra da Superintendência da Polícia Federal. Os dois órgãos trocaram informações, o que possibilitou deflagrar a operação desta sexta.

De acordo com a PF, a operação aponta a atuação de um grupo criminoso formado por policiais e informantes envolvidos com o tráfico de drogas, armas e munições, com a segurança de pontos de jogos clandestinos, como máquinas de caça-níqueis e jogo do bicho, venda de informações policiais e com milícias, além de se dedicarem ao que é chamado de “Espólio de Guerra”, ou seja, a subtração de produtos de crime encontrados em operações policiais, como ocorrido na recente operação de ocupação do Complexo do Alemão, retroalimentando a atividades criminosas de grupos de traficantes que atuam no Rio de Janeiro.

Segundo a PF, os órgãos estaduais destacaram 200 homens, além de dois helicópteros e quatro lanchas para a operação. As equipes da Polícia Federal contam com um efetivo de 380 homens. Com informações da Assessoria de Imprensa da PF.

Revista Consultor Jurídico, 11 de fevereiro de 2011, 12h13

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/02/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.