Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Saída do poder

Murabak renuncia e deixa o Cairo nesta sexta-feira

Hosni Mubarak - AljazeeraApós passar três décadas no poder e depois de 18 dias de protestos contra seu governo, o presidente do Egito, Hosni Mubarak, renunciou ao cargo nesta sexta-feira (11/2). A decisão foi anunciada em um comunicado na rede estatal de televisão. As informações são da Agência Brasil.

Autoridades egípcias confirmaram que, na manhã dessa sexta-feira, Mubarak e sua família deixaram a capital do país, Cairo, em direção ao resort de Charm el-Cheikh, a 250 km, no Mar Vermelho. Nesse período, helicópteros foram vistos deixando a residência oficial do presidente.

A Embaixada do Egito no Brasil informou que não prestará esclarecimentos sobre a renúncia de Mubarak, nem sobre o governo provisório. De acordo com a assessoria de imprensa da embaixada, se for feita alguma declaração, ela será enviada por e-mail aos veículos de imprensa.

Os protestos
Queda de Hosni Mubarak Egito - Cairo - AljazeeraApós o anúncio, os manifestantes contrários ao governo que se encontravam reunidos na Praça Tahrir, símbolo das manifestações, comemoraram. Se o político de 82 anos não renunciasse, os manifestantes haviam prometido intensificar os protestos.

Durante os 18 dias de protestos contra Mubarak, a embaixada egípcia só se manifestou uma vez, em uma nota na qual pediu desculpas ao governo brasileiro pelo tratamento dispensado pelas autoridades egípcias aos repórteres Corban Costa, da Rádio Nacional, e Gilvan Costa, da TV Brasil. Os jornalistas foram presos por 18 horas, tiveram os olhos vendados e os equipamentos apreendidos.

Com o pedido formal de desculpas, o governo brasileiro não apresentou uma proposta de queixa formal ao Egito, que já havia sido elaborada pelo embaixador do Brasil no país, Cesario Melantonio Neto.

Revista Consultor Jurídico, 11 de fevereiro de 2011, 16h58

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/02/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.