Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nova composição

TJ-RJ promove nove juízes e remove seis

Gilberto Campista Guarino - Associação Carioca de Organistas

Esta segunda-feira (31/1) foi dia de promoções no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Seis juízes foram removidos e nove promovidos. Além disso, o atual titular da 2ª Vara da Fazenda Pública, juiz Gilberto Campista Guarino, foi promovido para a vaga do desembargador aposentado José Ricardo Barbosa e o desembargador Bernardo Moreira Garcez Neto passará a ser membro do Órgão Especial do tribunal.

Pelo critério de antiguidade foram promovidos os seguintes juízes: Aroldo Gonçalves Pereira Junior, para o 2º Juizado Especial Cível (JEC) de Nova Iguaçu; Luciana Fiala de Siqueira Carvalho, para a 1ª Vara Cível de Bangu; e Luiz Cláudio Silva Jardim Marinho, para o 2º JEC  de Volta Redonda.

Ainda, os juízes Camilla Prado, promovida para a 2ª Vara Cível de Campo Grande; Carlos Sergio dos Santos Saraiva, para a 4ª Vara Cível de Campo Grande; Grace Mussalem Calil, para a 4ª Vara Cível de Bangu; Jane Carneiro Silva de Amorim, para a 1ª Vara Cível de Campo Grande; Maria Aparecida Silveira de Abreu, para a 1ª Vara Cível de Nova Iguaçu; e Roberto Henrique dos Reis, para o  1º JEC de Volta Redonda, foram promovidos pelo critério de merecimento.

Quanto à remoção, pelo critério de antiguidade foram removidos os juízes Ana Paula Pontes Cardoso, para a 7ª Vara Cível da Capital e Ralph Machado Manhaes Junior, para a 2ª Vara de Família de Campos dos Goytacazes. Por merecimento, foram removidos a juíza Ana Luiza Menezes de Abreu, para a 3ª Vara de Família de Campo Grande; Andréa Barroso Silva, para a 2ª Vara de Família de Duque de Caxias; Luiz Eduardo de Castro Neves, para a 15ª Vara Cível da Capital e Nearis dos Santos Carvalho Arce dos Santos, para a 38ª Vara Criminal da Capital.

Mas não só de promoções foi o dia. Através de lista tríplice, o advogado André Luiz Nahass foi eleito para membro efetivo do Tribunal Regional Eleitoral, e foi declarado o vitaliciamento da juíza Márcia Regina Sales de Souza. Informações da assessoria de Imprensa do TJ-RJ.

Revista Consultor Jurídico, 1 de fevereiro de 2011, 7h10

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/02/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.