Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mudança de endereço

MP transfere promotor que trabalhava em São Gonçalo

O Ministério Público do Rio de Janeiro informou que o promotor Paulo Roberto Cunha, que trabalhava com a juíza Patrícia Acioli, na 4ª Vara Criminal de São Gonçalo (RJ), será transferido quando voltar de férias, na segunda-feira (29/8). Patricia foi assassinada a tiros no início do mês, quando entrava no condomínio onde morava, em Niterói.

Não foi confirmado pelo MP se a transferência de Paulo Cunha foi motivada por questões de segurança, pois ele trabalhou em muitos processos assinados pela juíza. Alguns deles se referiam a policiais envolvidos em milícias e grupos de extermínio no Rio.

A Polícia Militar do Rio de Janeiro também informou que, em breve, vai começar um processo de transferência de alguns policiais que estão lotados nos batalhões da região de São Gonçalo e são réus em processos da vara criminal da cidade. A transferência dos policiais foi solicitada pelo Tribunal de Justiça do Rio, que enviou no dia 19 de agosto, ao comando-geral da PM, uma lista com 91 nomes de policiais réus em processos na 4ª Vara. Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 25 de agosto de 2011, 12h57

Comentários de leitores

3 comentários

O próximo alvo

Leandro Bizerril (Advogado Autônomo)

No entanto, o Promotor que assumir os casos do colega transferido, será a bola da vez, o próximo alvo. Alguém se habilita???

CARNE DE PESCOÇO

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Quem tem.............., tem medo. Ser patriota no Brasil, soa como 'idiota'. É claro que o Promotor deve ser transferido se não quiser engrossar as estatísticas. Se o governo não está 'nem aí' para com a segurança pública, o MP vai servir de "cordeiro imolado" ? Põe lá O Sarney que não vai fazer falta nenhuma.

Tudo dominado

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Ora, a população tem o direito de saber os motivos dessas remoções.

Comentários encerrados em 02/09/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.