Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mudanças no Código

OAB critica indicação de economista para análise do CPC

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil aprovou, nesta segunda-feira (22/8), por unanimidade, moção para manifestar o desagrado da advocacia pelo fato de ter sido indicado um economista (em vez de um bacharel em Direito) para atuar na Comissão Especial da Câmara que discutirá e aprovará mudanças no Código de Processo Civil (CPC).

"Embora saibamos que o Parlamento tem autonomia e independência para fazê-lo, cabe a nós manifestar nosso inconformismo com a indicação, uma vez que temos ótimos membros na Frente Parlamentar dos Advogados capazes de fazê-lo, todos com formação em Direito. Como se trata, ainda, de uma simples indicação, esperamos que esse que quadro seja revertido", afirmou presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante.

A proposta da moção foi apresentada na sessão pelo conselheiro federal da OAB por Minas Gerais, Paulo Roberto de Gouvêa Medina. "Não podia imaginar que se chegasse ao ponto de se designar um economista para o exame de um projeto de lei dessa importância e que diz respeito ao trabalho do advogado. É com base na preocupação que temos com um bom CPC é que defendo essa manifestação", afirmou o conselheiro. Com informações da Assessoria de Imprensa da Ordem dos Advogados do Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 22 de agosto de 2011, 14h48

Comentários de leitores

12 comentários

A cova é o limite da imbecilidade

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Está havendo uma discussão no meio médico a respeito do uso da quimioterapia na cura do câncer. Não sei dizer bem como é, já que se trata de assunto afeto à medicina. Será que seria aconselhável a indicação de um jurista para compor a discussão? Afinal, todos tiveram medicina forense na faculdade. O que será que os médicos diriam sobre isso. E os pacientes, o que achariam ao saber que o tratamento da doença que pode os levar à óbito FICOU A CARGO DE ALGUÉM QUE SEQUER SABIAM O QUE ESTAVAM DISCUTINDO?

Sempre tem...

Felipe Ragot (Advogado Associado a Escritório - Empresarial)

Sempre tem um vagal que não estuda e critica o exame de ordem!
Vai estudar vagal!!

Sempre tem...

Felipe Ragot (Advogado Associado a Escritório - Empresarial)

Sempre tem um vagal que não estuda e critica o exame de ordem!
Vai estudar vagal!!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 30/08/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.