Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mercados em baixa

Turbulência já custou aos bancos R$ 32,6 bilhões

A recente turbulência dos mercados globais já custou aos bancos brasileiros R$ 32,6 bilhões em valor de mercado na bolsa de valores. Isso significa uma queda de 8,4% em apenas 11 dias (do início do mês até a quinta-feira), revela um estudo da consultoria Economática feito a pedido do ‘Estado’. As informações são do Estadão.

O movimento amplificou uma tendência que vinha desde o início do ano, apesar de os bancos brasileiros estarem muito mais saudáveis que as instituições financeiras no exterior. Em relação a 31 de dezembro de 2010, a perda de valor de mercado do setor bancário brasileiro em bolsa chega a R$ 118,7 bilhões.

A crise está castigando as ações dos bancos não só no Brasil, mas principalmente lá fora. Esses papéis se transformaram em ativos de risco, depois que se constatou a exposição dos bancos europeus a países altamente endividados e após ficar claro que os problemas dos bancos americanos não foram sanados.

“Quando se cria um ambiente de aversão ao risco, investidores institucionais reduzem sua exposição ao setor bancário de forma geral, sem considerar que a situação no Brasil é mais confortável”, diz Luciana Leocádio, analista-chefe da Ativa Corretora.

As ações dos bancos brasileiros estão em queda desde o início do ano, depois que o Banco Central adotou medidas para conter o crédito, explica João Augusto Salles, economista da consultoria Lopes Filho. No fim de 2010, o BC aumentou os depósitos compulsórios dos bancos e elevou o índice de Basileia (relação entre empréstimos e patrimônio líquido) para instituições que atuem no crédito de veículos e consignado. Os analistas, no entanto, reforçam que a situação do sistema financeiro brasileiro é bastante saudável.

Revista Consultor Jurídico, 20 de agosto de 2011, 11h58

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/08/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.