Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Trabalho reconhecido

TST homenageia Gleise Hoffmann, Hebe e Rogerio Ceni

A cerimônia de entrega da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho aconteceu nesta quinta-feira (11 de agosto) no Tribunal Superior do Trabalho. Desde que foi criada, em 1970, a Ordem do Mérito homenageia pessoas e instituições que se distinguiram em suas profissões ou serviram de exemplo para a sociedade.

Neste ano, entre os agraciados estão a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann; a apresentadora de TV Hebe Camargo; o goleiro do São Paulo F.C., Rogério Ceni; o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo; e do Esporte, Orlando Silva; o governador do Sergipe, Marcelo Déda; os senadores Ana Amélia Lemos (PP-RS) e Eunício Lopes de Oliveira (PMDB-CE); e o maestro Cláudio Cohen, regente da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro, de Brasília.

A instituição homenageada este ano é o Clube do Choro de Brasília, que será representada por seu presidente, Henrique Lima Santos Filho, o Reco do Bandolim.

A indicação para a Ordem do Mérito Judiciário do trabalho só pode ser feita por ministro do TST, e é submetida à apreciação do Conselho da Ordem, composto de seis membros: presidente, vice‐presidente, corregedor‐geral, ministro decano e mais dois ministros, eleitos pelo Órgão Especial, para mandato de quatro anos. O número de agraciados é fixado a cada ano.

Clique aqui para ver a lista completa dos agraciados com a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho e aqui para ver mais fotos da cerimônia.

Marco Aurélio, ministro do STF, ao lado do presidente do TST João Oreste Dalazen

 

   

Os homenageados do dia: Hebe Camargo e Rogerio Ceni

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ministros do TST chegam para a premiação

Revista Consultor Jurídico, 11 de agosto de 2011, 22h12

Comentários de leitores

1 comentário

As cerimônias da corte

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Quando será que o Brasil vai finalmente abandonar o regime monárquico e implantar a república?

Comentários encerrados em 19/08/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.