Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Campanha para Dilma

Advogados manifestam apoio ao presidente Lula

Um time de celebridades da área jurídica divulgou, nesta segunda-feira (27/9), uma carta aberta a favor das manifestações do presidente Luís Inácio Lula da Silva em favor da candidata do seu partido à presidência da República, Dilma Rousseff (PT). Com 64 assinaturas de professores, advogados, procuradores e ex-membros do Executivo, a carta defende ainda o direito de Lula criticar a imprensa pela cobertura feita sobre a corrida pela cadeira presidencial — tendenciosa, segundo o presidente.

“É lamentável que se queira negar ao presidente da República o direito de, como cidadão, opinar, apoiar, manifestar-se sobre as próximas eleições”, dizem os signatários. Entre eles estão nomes de peso como Celso Antonio Bandeira de Mello, constitucionalista e professor emérito da PUC-SP, Dalmo de Abreu Dallari, também professor emérito da USP, e Lenio Streck, procurador e professor da Unisinos.

A “Carta ao Povo Brasileiro” não aceita que as críticas feitas pelo presidente contra a imprensa — de que tem preferência por José Serra em detrimento de Dilma na cobertura — tenham o tom de “autoritarismo e de ameaça à democracia” que, segundo eles, a grande imprensa e a oposição tentam imputar a Lula.

“Não se pode cunhar de autoritário um governo por fazer críticas a setores da imprensa ou a seus adversários, já que a própria crítica é direito de qualquer cidadão, inclusive do presidente da República”, diz o manifesto. “O presidente da República, como qualquer cidadão, possui o direito de participar do processo político-eleitoral.”

A lista reúne ainda Márcio Thomaz Bastos, advogado e ex-ministro da Justiça de Lula, os criminalistas Sérgio Salomão Shecaira, Celso Vilardi e Luís Guilherme Vieira, e o tributarista e professor da USP e da UFPA, Fernando Scaff, assim como Pierpaolo Bottini, professor da USP e advogado do PT, Rogério Favreto, ex-secretário da Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça e Sérgio Renault, também ex-secretário da Reforma.

Não foram poucos os nomes ligados a entidades da advocacia que respaldam a atitude do presidente. Apoiam Lula: Cezar Britto, ex-presidente do Conselho Federal da OAB; os presidentes de seccionais Wadih Damous (OAB-RJ), Homero Mafra, (OAB-ES), Jarbas Vasconcelos, (OAB-PA) e Mario Macieira (OAB-MA); Felipe Santa Cruz, presidente da Caarj; Henrique Maués, ex-presidente do IAB; José Diogo Bastos Neto, ex-presidente da Aaasp; Ronaldo Cramer, conselheiro da OAB-RJ e professor da PUC-Rio; e Cláudio Pereira de Souza Neto, conselheiro federal da OAB e professor da Universidade Federal Fluminense.

Revista Consultor Jurídico, 27 de setembro de 2010, 19h38

Comentários de leitores

23 comentários

DE KARL MARX PARA OS "JURISTAS" DO "BEDDJA MÃO"

SÍLVIA SEMPRE PELA JUSTIÇA (Advogado Autônomo - Criminal)

“A imprensa livre é o olhar onipotente do povo, a confiança personalizada do povo nele mesmo, o vínculo articulado que une o indivíduo ao Estado e ao mundo, a cultura incorporada que transforma lutas materiais em lutas intelectuais, e idealiza suas formas brutas. É a franca confissão do povo a si mesmo, e sabemos que o poder da confissão é o de redimir. A imprensa livre é o espelho intelectual no qual o povo se vê, e a visão de si mesmo é a primeira confissão da sabedoria." (Marx, Karl. A liberdade de imprensa. 1980. LPM Ed. p. 42.)

"BEDJA MÃO DO LULA PARA IR PARA O STF"

SÍLVIA SEMPRE PELA JUSTIÇA (Advogado Autônomo - Criminal)

QUE DECEPÇÃO! EM CUIABÁ, QUANDO PESSOAS QUE IMAGINAMOS DIGNAS BAJULAM UM POLÍTICO, DIZ-SE: " O BEDDJJA MÃO DJJÁ FOI DADO". E NÃO MAIS AS CONSIDERAMOS TÃO MARAVILHOSAS ASSIM...A ASCENÇÃO A UM CARGO DE SUMA IMPORTÂNCIA COMO O DE MINISTRO DO STF DEVE SER CONSEQUÊNCIA LÓGICA DO IMENSO SABER JURÍDICO, DA DIGNIDADE A TODA PROVA, DO COMPROMISSO COM A JUSTIÇA E NÃO DA INDICAÇÃO DAQUELE QUE ESTÁ NO CUME DO PODER E NELE PRETENDE SE ETERNIZAR. QUE DECEPÇÃO!....

Boquinha

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Prezado Robson, muito bem lembrado. Infelizmente há aqueles capazes de passar por toda espécie de humilhação para obter uma vaga no STF, até mesmo apoiar publicamente um Presidente da República que não se cansa de cometer sucessivas "gafes jurídicas".

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 05/10/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.