Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Redução de déficit

TRT-SC pretende atingir metas próprias em 5 anos

Reduzir em 20% o déficit de servidores nas varas em 2010 é uma das 11 metas anuais que a Justiça do Trabalho de Santa Catarina traçou para atingir até 2014. A definição ocorreu durante o 2º Seminário de Revisão do Planejar, que aconteceu na sede da Associação dos Magistrados do Trabalho, em Florianópolis (SC). Agora, somadas às 10 metas nacionais aprovadas pelo Poder Judiciário, magistrados e servidores do TRT-SC pretendem alcançar as 21 metas de desempenho somente em 2010. Algumas foram elaboradas para evoluir a cada ano.

As metas envolvem capacitação, gestão de pessoas, processo eletrônico, comunicação, lotação de servidores, orçamento, gerenciamento de rotinas, satisfação no trabalho e saúde laboral.

Conheça as metas internas

1. Implantar métodos de gerenciamento de rotinas (gestão de processos de trabalho) em pelo menos 10% da área administrativa.

3. Implementar pelo menos 90% dos eventos previstos no plano de comunicação da estratégia em 2010.

4. Promover cursos de capacitação em Administração Judiciária, com, no mínimo, 30 horas, para 75% dos servidores exercentes de cargos de natureza gerencial em 2011.

5. Oportunizar que 20% dos servidores do quadro do Tribunal participem de pelo menos um evento de capacitação em 2010, não incluídos os cursos obrigatórios por lei.

6. Promover cursos de capacitação em Administração Judiciária para 100% dos magistrados, priorizando ensino presencial, para 2011.

7. Aumentar dos atuais 56% a média geral de favorabilidade dos servidores e magistrados em relação aos quesitos da Pesquisa de Clima em 2009, com a primeira medição própria em 2011.

8. Implantar processo eletrônico em pelo menos uma nova cidade.

9. Executar no mínimo 90% do orçamento (custeio e capital) até outubro do ano.

10. Aumentar o orçamento de custeio e de capital em 10% em relação ao ano anterior.

11. Até dezembro de 2010, implantar sistemática que possibilite promover acompanhamento contínuo das condições de saúde dos servidores e magistrados que participam do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, objetivando analisar o impacto na saúde da implementação de novas tecnologias, em especial as relacionadas com a virtualização dos processos Administrativos e Judiciais. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRT de Santa Catarina.

Revista Consultor Jurídico, 22 de maio de 2010, 8h34

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 30/05/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.