Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Polícia é testemunha

Mulher é assaltada dentro de delegacia em Sorocaba

O portal IG informou que, na tarde de quinta-feira (13/5), uma comerciante teve a bolsa roubada por dois homens dentro do 1º Distrito Policial de Salto, a 105 km da cidade de São Paulo, na região de Sorocaba, interior paulista. A vítima não quis ser identificada por temer pela sua segurança.

A comerciante havia sacado R$ 13,5 mil. Logo depois, resolveu passar na delegacia, localizada no Jardim das Nações, para registrar Boletim de Ocorrência, em decorrência de clonagem seu celular. Sem saber que estava sendo seguida, ela foi abordada por dois homens enquanto esperava para ser atendida. A mulher estava dentro da delegacia.

Segundo a vítima, tudo foi testemunhado por dois policiais que estavam do outro lado do balcão. Enquanto reagia e evitava que um dos bandidos levasse seus pertences, ela jogou a bolsa para juntos dos policiais. Segundo ela, eles nada fizeram. Um dos assaltantes não teve dúvida: pulou o balcão e pegou a bolsa.

A comerciante só desistiu após ordem de um dos criminosos para que o comparsa atirasse nela. Logo depois, a bolsa foi encontrada no meio da rua sem o dinheiro. Indignada com a reação dos policiais, contou que os mesmos afirmaram que nada fizeram porque consideraram que se tratava de uma briga de casal.

Investigação
A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que o diretor do Departamento de Polícia Judiciária do Interior de São Paulo (Deinter 7), Weldon Carlos da Costa, faz investigações para prender os suspeitos do assalto. Foi feito o retrato falado dos suspeitos, mas ainda não foram identificados.

O delegado da Corregedoria auxiliar de Sorocaba, Marcio Vieira Rodrigues, afirmou que foi instaurado inquérito policial para apurar em que circunstâncias se deu o assalto e se houve omissão por parte dos policiais. No entanto, a SSP não soube dizer se os policiais foram afastados.

Revista Consultor Jurídico, 17 de maio de 2010, 16h54

Comentários de leitores

5 comentários

ISSO FOI UMA PIADA..

Fafá-sempre alerta (Outros)

Não dá para acreditar...mas isso é Brasil...

Não?!

Paulo Fonseca (Advogado Autônomo)

Chama o ladrão,chama o ladrão,chama o ladrão!

A omissão

JCláudio (Funcionário público)

Isto se chama omissão. É a famosa conivência com a bandidagem. Todos praticam o conluio e a negligência. Recebem da sociedade para exercerem suas funções, mas preferem ignorar qualquer compromisso de responsabilidade. O importante é que no final do mês recebem por não terem feito nada. São os famosos sanguessuga da sociedade. A maioria dos policiais são praticante de que nada vê e ouve. É melhor ser omisso do que exercer a função para qual foram contratados. São uns cara de pau.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 25/05/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.