Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mensalão mineiro

Supremo autua inquérito contra Eduardo Azeredo

O Supremo Tribunal Federal reautuou o Inquérito 2.280, que investiga o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) no processo do mensalão mineiro. Como a denúncia da Procuradoria-Geral da República contra ele foi recebida pelo Plenário em 3 de dezembro de 2009, o parlamentar passou da condição de investigado em inquérito para a de réu na Ação Penal 536.

Azeredo é acusado pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, durante sua campanha a reeleição do governo de Minas Gerais, em 1998. Outros 11 acusados de envolvimento no mensalão mineiro respondem pelos mesmos crimes na Justiça de Minas Gerais. O processo contra o senador Azeredo tramita no STF em virtude da prerrogativa de função. O relator do caso continua sendo o ministro Joaquim Barbosa. Com informações da Assessoria de Imprensa do STF.

Revista Consultor Jurídico, 14 de maio de 2010, 18h41

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/05/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.