Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Falta verba

Brasil precisa de três mil defensores públicos

O presidente da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep), André Castro, afirmou que há um déficit de quase três mil defensores públicos em todo o país.

Em entrevista à emissora EBC, Castro ressaltou que o orçamento para as Defensorias Públicas não passa de 0,4% do total dos recursos dos estados. Segundo o presidente da Anadep, das 7,5 mil vagas para defensores públicos em todo o país, apenas 4,7 mil estão preenchidas, por falta de previsão orçamentária para organização de novos concursos. Os dados integram o 3º Diagnóstico da Defensoria Pública, estudo coordenado pelo Ministério da Justiça. 

O diagnóstico será apresentado em Santa Catarina, um dos únicos estados em que não há Defensoria Pública. Também ainda não contam com a instituição os estados de Goiás e Paraná. “Não há explicação razoável para isso, é um desrespeito às populações carentes que precisam do serviço”, afirmou André Castro.

Revista Consultor Jurídico, 4 de maio de 2010, 3h57

Comentários de leitores

4 comentários

Brasil precisa de três mil defensores públicos para atender

Jorge Cesar (Advogado Autônomo - Internet e Tecnologia)

SEM DEFENSORIA PÚBLICA NÃO HÁ ESPERANÇA PARA O POBRE.

Mais um Poder?

Paulo Jorge Andrade Trinchão (Advogado Autônomo)

É, pelo visto, a tal da defensoria pública pretende galgar a condição de mais um "poderzinho" na contraditória republiqueta. Mas, seria interessante avisá-los que para tal, somente se o ingresso se desse pelo voto do cidadão e contribuinte.

querem implantar o monopólio de pobre..

daniel (Outros - Administrativa)

Na verdade nem se sabe o que é pobre !
Apenas querem implantar o monopólio de pobre e atender quem quiserem e em temas que concorrem com a advocacia privada e nem são assistência jurídica.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 12/05/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.