Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

MP da Bahia

Conamp recomenda que governo indique mais votada

O presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), José Carlos Cosenzo, enviou, na sexta-feira (26/2), um ofício ao governador da Bahia Jaques Wagner, recomendando a indicação da promotora mais votada em eleição para procurador-geral. Norma Angélica Cavalcanti recebeu 287 votos.

O Conamp afirmou que a promotora ocupa ocargo de vice-presidente da associação. No ofício, Cosenzo lembra que o governador pode nomear qualquer um dos três integrantes da lista, mas recomenda que a escolha do candidato mais votado sempre foi defendida pelos membros do Ministério Público.

Em segundo lugar, como candidato mais votado, ficou o promotor Olímpio Campinho Júnior, com 229 votos. E em terceiro, o promotor Wellington César Silva, com 140 votos. Com informações da Assessoria de Imprensa da Conamp.

Leia o ofício:

"Excelentíssimo Senhor Governador da Bahia, Jaques Wagner

No dia 26 de fevereiro de 2010, os membros do Ministério Público do Estado da Bahia elegeram três de seus pares para compor a lista da qual Vossa Excelência escolherá o futuro Procurador-Geral de Justiça. A eleição para a formação da lista teve o seguinte resultado:

Promotora de Justiça NORMA ANGÉLICA CAVALCANTI: 287 votos

Promotor de Justiça OLÍMPIO CAMPINHO JÚNIOR: 229 votos

Promotor de Justiça WELLINGTON CÉSAR SILVA: 140 votos

Em consonância com a missão constitucional do Ministério Público de guardião do regime democrático, e cumprindo o disposto na Resolução CONAMP n.º 01/03, as entidades representativas da classe têm assumido historicamente o compromisso de defender a escolha do candidato mais votado nas eleições para as composições das listas tríplices.

Destarte, reconhecendo e respeitando o poder discricionário de Vossa Excelência de escolher qualquer dos integrantes da lista apresentada, mas confiando na firmeza de vossas convicções democráticas, afirmadas ao longo de toda a vida pública e reiteradas no exercício do mais elevado cargo do Executivo no Estado, a Associação Nacional dos Membros do Ministério Público - CONAMP, entidade de classe que congrega todos os promotores e procuradores de Justiça do Brasil, espera e confia que a escolha do Procurador Geral de Justiça do Estado De Bahia recaia sobre o candidato mais votado, a Excelentíssima Senhora Doutora NORMA ANGÉLICA CAVALCANTI.

Ao ensejo, renovamos a Vossa Excelência os votos do mais elevado respeito, estima e consideração.

JOSÉ CARLOS COSENZO

Presidente CONAMP"

Revista Consultor Jurídico, 28 de fevereiro de 2010, 4h36

Comentários de leitores

1 comentário

Danou-se

Edmundo (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

O problema será o Gov. Jacques Wagner, da BAHIA, atender o PEDIDO formulado no ofício do Presidente do Conamp, ou seja, nomear a Procuradora Geral do Estado de RONDONIA.

Comentários encerrados em 08/03/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.